Sem parecer da Comissão de Finanças, Câmara aprova contas da prefeitura  | MUVUCA POPULAR

Domingo, 07 de Junho de 2020

POLÍTICA Sexta-feira, 22 de Maio de 2020, 08h:15 | - A | + A




Prefeitura de Cáceres

Sem parecer da Comissão de Finanças, Câmara aprova contas da prefeitura

TCE recomendou auditoria extraordinária nas contas da prefeitura


redacaomuvuca@gmail.com

 Foto: reprodução 

Os vereadores da Câmara Municipal de Cáceres aprovaram, por maioria, as contas do prefeito Francis Maris Cruz, referente ao exercício de 2018. A sessão quase não aconteceu porque o presidente da casa, vereador Rubens Macêdo, havia dito na sessão do dia 18 que encaminharia aos gabinetes o decreto legislativo e o parecer da Comissão de Finanças, o que não aconteceu.

“Sr. Presidente, independentemente de vossa excelência seguir o regimento interno ou a lei orgânica, ficou o compromisso, na segunda-feira, de encaminhar o parecer e o decreto para todos os vereadores. Esta sessão fica prejudicada,  porque não podemos votar as contas do prefeito no escuro, sem conhecimento das análises do parece da Comissão de Finanças”, declarou o vereador Cézare Pastorello (Solidariedade).

Após discussão e até interrupção da sessão, o presidente submeteu a continuidade ou não da sessão ao plenário, sendo que a maioria dos vereadores deliberou por votar a prestação de contas na hora, sem o parecer da Comissão de Finanças.

O decreto legislativo aprovando as contas foi colocado em votação, e os vereadores Cézare Pastorello, Valdeníria Dutra (PSC) e Zé Eduardo Torres (PSC) votaram contrários.

Na sessão de segunda-feira, 18, o vereador José Eduardo Torres pediu a inclusão, na votação do dia, de um requerimento ao Tribunal de Contas com pedido de auditoria extraordinária nas contas da prefeitura.

Porém, o presidente alegou que ele tinha protocolado foram do horário (11h28min do dia 15/05) e que teria que dar acesso aos vereadores para conhecimento. Depois de quase uma hora do protocolo do pedido de auditoria do TCE, às 12h51, foi protocolado o decreto para aprovação das contas do prefeito. E o protocolo 1175 com o decreto de aprovação de contas foi incluído na pauta sem nenhuma ressalva. O horário limite para protocolo de documentos para serem apreciados nas sessões de segunda-feira é 11h da sexta-feira anterior.

O requerimento do Auditoria Extraordinária ficou para ser votado no dia 25/05, na sessão ordinária.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(2) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Benedito costa - 22-05-2020 13:11:59

A casa dos horrores anda pasando por cima de tudo e de todos em favor do Nenéo. Isso náo é bom para o município e para a transparência. O MPE tem que agir logo e não depois das coisas acontecerem.

Responder

0
0


Antonio Carlos - 22-05-2020 13:10:24

Cáceres eh uma bagunça.. esse Francis já era ora ter sido afastado!!!as contas todas erradas e fsvirecimenronao grupo dele. Tribunal De contas já era pra ter afetado ele por improbidade administrativa.

Responder

0
0


2 comentários

coluna popular
Quatro servidores foram contaminados com Covid-19
Thelma de Oliveira diz que não irá se afastar
Nota de Pesar
Fiscalização continua
Assintomático e isolado em casa

Últimas Notícias
06.06.2020 - 18:36
06.06.2020 - 18:33
06.06.2020 - 15:10
06.06.2020 - 15:01
06.06.2020 - 12:23




Informe Publicitário