“Tapa na cara das polícias e da sociedade”, diz deputado sobre liberação de presos | MUVUCA POPULAR

Quinta-feira, 02 de Abril de 2020

POLÍTICA Quarta-feira, 25 de Março de 2020, 09h:04 | - A | + A




Efeito Covid-19

“Tapa na cara das polícias e da sociedade”, diz deputado sobre liberação de presos

Delegado Claudinei critica recomendação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ)


redacaomuvuca@gmail.com

Foto: Reprodução

O deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) declarou, em suas redes sociais, ser contrário à recomendação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) que orientou tribunais e juízes de todo o país com regras para diminuir e evitar o contágio pelo coronavírus em presídios e no sistema socioeducativo. “Mais um tapa na cara das polícias que fizeram todo o trabalho de prender esses indivíduos e também um tapa na cara da sociedade que além de se preocupar com a sua saúde por conta do coronavírus, também terá que se preocupar com sua segurança”, afirmou.

Segundo o parlamentar, após a orientação, em Barra do Garças, 39 pessoas tiveram liberdade concedida e, em menos de 24 horas, um deles foi preso novamente tentando furtar uma distribuidora de bebidas no município. “Em Cuiabá, tivemos outros presos sendo liberados e algumas pessoas que estavam aguardando do lado de fora da penitenciária gravando vídeos e comemorando a soltura. Será que esses que estão sendo soltos pelo Poder Judiciário vão ficar em isolamento social como os trabalhadores de bem estão fazendo ou vão estar nas ruas praticando outros delitos?”, questionou o deputado.

O deputado também aderiu a campanha #fiqueemcasa” num esforço de diminuir a propagação da pandemia do Covid-19, o novo coronavírus, que assola a maioria dos países, inclusive o Brasil. Claudinei destacou que as próximas semanas serão decisivas e que o Poder Público depende da ação de cada cidadão brasileiro de sair de casa nos próximos dias apenas em extrema necessidade.

Do contrário, pontua que se a propagação do vírus for rápida demais, o sistema de saúde poderá entrar em colapso no mês de abril “Só em casos de ir numa farmácia, mercado ou hospital, do contrário, fique em casa. Pense na sua família, nos idosos, nas crianças recém-nascidas, nos doentes crônicos, vamos permanecer em casa”, reforçou.

Ademais, o Delegado Claudinei ressaltou ainda o trabalho incansável daqueles profissionais que estão na linha de frente do combate a essa pandemia, como os de saúde e segurança pública, além dos que trabalham em áreas essenciais, a exemplo dos caminhoneiros. “Os profissionais de segurança não pararam diante da Covid-19 no Brasil todo. E eles continuam atendendo a população, já tinha os riscos da profissão, e continuam na luta e tentando fazer o melhor para a sociedade, assim como os profissionais da saúde, bem como os companheiros caminhoneiros. Se eles não continuassem os transportes de medicamentos, alimentos para os municípios, o país pararia”.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(8) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Edson Tavares - 25-03-2020 21:59:40

Sou favorável à sua fala Deputado Delegado Claudinei, o CNJ aproveitou a situação de pandemia do Covid-19 para colocar em prática o método do desafogamento do sistema prisional, ao invés de endurecer os critérios do encarceramento. Agora a sociedade pagará um preço muito alto para se proteger de dois tipos de ataques: o Covid-19 e os bandidos que voltam a tocar o terror nas cercanias onde moram seus familiares.

Responder

0
0


Antônio Dias Marçal - 25-03-2020 22:44:47

Os presos vão ficar solto e o povo que trabalha paga imposto ficam preso na minha opinião deveriam acorrentar eles e colocar eles para trabalhar na construção de rodovias no estado e planta o seus próprios alimentos por que ninguém tem direito de tratar deles não enquanto eles come do bom e do melhor muitos trabalhadores estão passando fome acho que é ora de virar esse placa foi preso vai trabalhar para comer e ainda acorrentado pra não fujir

Responder

0
0


Jedae - 25-03-2020 15:07:55

Como tem pessoas idiotas. Essa medida esta sendo feita pelo judiciário. Quem comanda o supremo é um ex-carregador das "malas" do também ex-líder mula!

Responder

1
0


Jedae - 25-03-2020 14:59:11

O lado bom disso é que pode se aplicar uma antiga lei: "O Código de Hamurabi é um conjunto de leis criadas pelo sexto rei da Suméria Hamurábi, da primeira dinastia babilônica, no século XVIII a.C., na Mesopotâmia. É um código baseado na lei do Talião, que representa uma dura retaliação do crime praticado e de sua pena"

Responder

1
0


alex r - 25-03-2020 10:38:24

Se os presos estão isolados , pra que soltar? Absurdo isso ! O judiciário é burro, OAB burra tbm e estão fazendo o cidadão de otários...

Responder

5
1


Benedita - 25-03-2020 11:55:23

Mas desde quando a OAB é do lado do cidadão de bem? A OAB só defende criminosos, vagabundos e quando age diferente é com interresses próprios!

Responder

2
1


Jedae - 25-03-2020 09:29:06

Isso é parte da política petralha. O culpado troca de lugar com a vítima. Para o estuprador (escórias) tudo, pra vítima, também tudo, inclusive o não cumprimento da pena. Tipo caso da suzy de penca. Eita esquema de doutrinação que funciona bem!

Responder

3
1


guerreiro - 25-03-2020 09:51:04

Além do Corona teremos mais pragas a solta, tomara que que liberou na receba uma visita destes vitimas da sociedade...

Responder

4
1


8 comentários

coluna popular
Suspeito de coronavírus
Invenção de mato-grossense
Sargento Vidal irá assumir o cargo
Medida foi tomada devido à pandemia
Idosos estão lotando unidades

Últimas Notícias
01.04.2020 - 22:12
01.04.2020 - 20:36
01.04.2020 - 20:16
01.04.2020 - 19:35
01.04.2020 - 19:18


Carlos Fávaro (PSD)

Coronel Rúbia (Patriota)

Elizeu Nascimento (DC)

Gisela Simona (Pros)

José Medeiros (Podemos)

Júlio Campos (DEM)

Nilson Leitão (PSDB)

Otaviano Piveta (PDT)

Procurador Mauro (PSOL)

Reinaldo Morais (PSC)

Valdir Barranco (PT)

(Nenhum deles)

Feliciano Azuaga



Informe Publicitário