UFMT suspende bolsas de monitoria e tutoria devido à falta de recursos | MUVUCA POPULAR

Segunda-feira, 14 de Outubro de 2019

POLÍTICA Sábado, 12 de Outubro de 2019, 08h:00 | - A | + A




Dívidas

UFMT suspende bolsas de monitoria e tutoria devido à falta de recursos

Universidade não está conseguindo arcar com suas despesas e corre risco de fechar as portas


redacaomuvuca@gmail.com

 

 Universidade Federal de Mato Grosso / Foto: Reprodução

A Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) suspendeu todas as bolsas de monitoria e tutoria, devido à falta de recursos que a instituição está enfrentando desde o corte nos orçamentos públicos determinado pelo Ministério da Educação (MEC).

Segundo a ordenadora de despesas, Cendyi Aparecida, a universidade está sendo obrigada a cortar despesas, para que possa continuar em funcionamento.

Sendo assim, seguindo a Lei de Responsabilidade Fiscal, que não permite a assunção de dívidas para a Administração Pública, e preza pelos limites financeiros, as bolsas foram suspensas.

Dívidas

Além disso, nesta sexta-feira (11), a Justiça Estadual determinou o bloqueio de uma conta utilizada pela UFMT, que possui o montante de R$ 726 mil, para que a universidade realize os pagamentos atrasados da empresa de vigilância MJB Vigilância e Segurança LTDA.

De acordo com o processo instaurado pela empresa, a instituição não faz os repasses desde janeiro deste ano, no entanto, a UFMT garante estar efetuando os pagamentos.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Carlos Nunes - 12-10-2019 08:27:05

Bem, de acordo com o professor Onofre, do Programa Estúdio, junto com o Igor...quem afundou as Universidades foram o PT e o PCdoB. Diversos reitores filiados a esses partidos passaram pelas Universidades...e administraram muito mal. Crise só aparece quando a Administração é péssima...Jamais aparece crise quando a Administração é ótima, pelo menos eu nunca vi. Em 2020 vai acontecer um arranca rabo (como diz o ditado popular) nas Universidades...serão trocados vários reitores...e BOLSONARO já avisou: não vai mais seguir lista tríplice nenhuma. A Lei dá ao presidente a prerrogativa de escolher quem quiser...ele vai escolher pessoas mais competentes pra recuperar as Universidades. O arranca rabo não tá na escolha dos novos reitores... vai começar quando esses reitores começarem a abrir a Caixa Preta das Universidades. O que será que vão descobrir? Aqui tem muita coisa errada, tal como: o novo Hospital Júlio Muller foi construído na estrada pra Santo Antônio. Quem será que escolheu essa área "longe pra burro" pra construir esse novo Hospital? De quem será que era esse terreno? Quem lucrou com isso? Uma coisa é certa...quem escolheu essa área bem longe, não gosta de pobre. Como é que dona Maria, que mora na periferia, vai pegar ônibus pra chegar até esse hospital, quando precisar...no caminho de Santo Antônio? Dona Maria nem vai...vai é desistir no meio do caminho. Que os novos reitores abram as Caixas Pretas de todas as Universidades...e contem pros Eleitores, os verdadeiros donos do Poder...o que encontraram...Fuçando bem fuçado, descobre-se tudo...só fuçação meia boca é que não descobre nada.

Responder

3
3


1 comentários