UFMT tem energia cortada por falta de pagamento | MUVUCA POPULAR

Quinta-feira, 24 de Setembro de 2020

POLÍTICA Terça-feira, 16 de Julho de 2019, 11h:01 | - A | + A




Aulas suspensas

UFMT tem energia cortada por falta de pagamento


redacaomuvuca@gmail.com

 

Conforme a assessoria da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) a energia do campus de Cuiabá foi cortada nesta terça-feira (16) por falta de pagamento. A administração também informou que será realizada no período da tarde uma reunião para deliberar como resolver a situação.

“Foi cortada a energia sim, não tenho valores, a única coisa que eu posso adiantar é que temos seis faturas em aberto, quatro delas são de 2018 e duas deste ano e a negociação continua, agora de tarde teremos outra reunião e só após ela poderemos dar alguma notícia mais concreta”, declarou a assessora.

No início do mês, em 5 de julho, a reitora da Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT), professora Myrian Serra, participou de uma  audiência com o ministro da Educação, Abraham Weintraub, para debater as contas da instituição.

A instituição sofre com o corte orçamentário desde 2014, na qual houve a redução da verba de custeio, associada às obras e equipamentos do campus. Contudo, em março deste ano, o Governo Federal anunciou o bloqueio de 30% na educação superior de todo o país, que representa R$ 34 milhões para a universidade cuiabana. 

Desde o dia 28 de junho, a instituição foi notificada pela empresa Energisa quanto à chance de interrupção na prestação de serviços pela falta de pagamento, entretanto, em negociações, conseguiu a prorrogação do prazo para 5 de julho, contudo, sem recursos o pagamento não foi feito.

A Universidade disponibiliza 113 cursos de graduação, sendo 108 presenciais e cinco na modalidade como Educação a Distância (EaD), residindo em 33 cidades do estado. São cinco Campus e 28 pólos de Ead. Dentro da pós-graduação, a instituição oferece 66 programas de mestrado e doutorado. A UFMT atende 25.435 mil acadêmicos, distribuídos em todas as regiões do estado.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(23) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

alexandre - 16-07-2019 18:22:15

O ministro da educação repassou 4,5 milhoes na sexta feira passada, pra pagar a conta de luz da UFMT, se na terça feira, não deram conta de pagar a conta, realmente, é falta de gestão...teve dois dias, faltou gestão e negociar com a Energisa...

Responder

11
2


wagner - 16-07-2019 15:16:23

Analistas de mercado , estão debruçados em planilhas de custos de ansiolíticos ,anti-depressivos a pedido dos Laboratórios , em virtude da iminente libertação do Lula , e a explosão de consumo , pela classe média . Não sabem ainda , como esta casta vai lidar,com esta noticia ,e o vácuo que vai criar nesta pobre gente, que não para de afundar economicamente e moralmente . Como vão fazer para preencher as suas tristes vidas ? É uma das perguntas . A outra , como vão fazerem ante a constatação da soltura , pois eles tem a sensação de pertencerem a uma classe superior ,por verem o Lula numa senzala ,e o desejo insano de que apodreça por lá .Mas quando se derem conta que pertencem ao povo , e estão na lona junto com eles,e a ficha cair , a pancada vai ser muito forte . Dai , a preocupação dos Analistas e dos Laboratórios !!!

Responder

6
8


Olavo - 16-07-2019 20:09:57

Senzala? Tá precisando tomar seu rivotril, gardeal, o larápio tá sendo bem tratado no hotel de luxo com agentes altamente treinados, uma pergunta leva a outra o homi mais honesto do mundo não foi condenado? Quando realmente vão transferir ele pra Senzala, opa digo presídio!

Responder

8
0


maria - 16-07-2019 15:12:52

Entramos abaixo da linha do fundo do poço. Acho que ainda vai ficar muito pior. Este Governo é um fracasso só . Cortaram as verbas da Universidade ,cortaram verbas da Saúde ,verbas da Segurança ,investimentos , e o que se ve são desemprego aumentando, e obras paradas . Nunca vi tamanho despreparo em um só governo .E ai vem ;deixaram cortar prá jogar a culpa em...foi culpa do pt....foi culpa do Lula...da Dilma ....deste e daquele ,,,mimimi!!! Já está no Sétimo mês ou SÉTIMO DIA !!!

Responder

7
11


Aleandra Pasquini - 17-07-2019 08:00:46

4 das 6 contas atrasadas são de 2018!!! Bolsonaro está mesmo "PODEROSO" , influenciando até o passado! ACORDA!

Responder

3
0


Carlos - 16-07-2019 13:36:17

???????????????????????????????? Petebas, deixou cortar para colocar a população contra o Governo Federal, mas todos sabem que isto é má gestão.

Responder

18
8


alexandre - 16-07-2019 13:28:23

tem que parcelar e não ficar mendigando dinheiro para o MEC, é falta de prioridade... despesa essencial...tem que reduzir despesas. não paguei a conta de luz e a culpa é do Bolsonaro ?

Responder

13
11


Amancia - 16-07-2019 12:44:50

Se procurar vai achar é muito rombo nessa faculdade!

Responder

13
10


Fabiano - 16-07-2019 12:43:24

Aonde será que foi parar a verba para esses pagamentos? Se é desde 2018

Responder

13
9


Misael - 16-07-2019 12:42:29

Vão falar que e culpa de Bolsonaro agora ??kkkkkk

Responder

18
15


Adriano - 16-07-2019 12:41:12

Seis? Janeiro, fevereiro, março, abril, maio e junho?? Má gestão

Responder

11
6


Ricardo - 16-07-2019 23:12:26

Volte, leia a matéria novamente, 4 contas são do ano passado.

Responder

0
0


Sandra - 16-07-2019 12:39:36

Como que a gestão dessa universidade não pensei em outra saída? energia solar, além de economizar não vai ter energia cortada

Responder

11
5


Katia - 16-07-2019 12:38:12

Triste realidade da nossa educação

Responder

14
0


Mituane - 16-07-2019 12:37:07

Projeto e gestão para implantar a energia solar em MT, aqui temos sol para dar e vender

Responder

15
1


Junior - 16-07-2019 12:35:51

As verbas de despesas NÃO foram cortadas. Qual será a desculpa??

Responder

8
7


Ana Catarina - 16-07-2019 12:18:21

O maior problema nunca foi e nunca será o corte do orçamento. O problema sempre foi e pelo visto continuará a ser, a má gestão. As pessoas escolhem em qm votar mais por indicação do que por competência da pessoa em gerir algo tão grande e saber enxugar no local certo. Duvido que não há inúmeros benefícios desnecessários, tais como carro para o reitor. Vamos comparar: não é a empresa p ql trabalho qm paga meu carro, vou até meu trabalho e se de lá a empresa precisar q eu vá à outra filial, ela me leva ou custeia, mediante comprovação. Agora me diz... pq em órgãos públicos não é assim?

Responder

12
10


- 16-07-2019 12:58:53

Nas instituições públicas tb é assim. Porém como em todo o território brasileiro existem os burladores do sistrma. No todo, toda saída com carros oficiais acontece obrigatoriamente por meio de solicitação em documento formal e documentos q justifiquem a saída.

Responder

6
2


jose a silva - 16-07-2019 11:54:38

Ah! 4 contas de 2018! E depois vem com falácias, colocar culpa no Bolsonaro, pela retenção de verbas, que fez! Tem que verificarem onde esses reitores enfiaram a grana! O interessante é que todo mundo qeu pega esse tipo de cargo, logo se eleva financeiramente! Mas também, com salários astronômicos! É os "salários", aqueles "por fora"!

Responder

16
28


- 16-07-2019 12:39:28

Qual parte de "A instituição sofre com o corte orçamentário desde 2014" você não entendeu? Agora, corta 30% de um orçamento que já está reduzido há cinco anos e veja o que acontece. É um sanha por defender esse governo incompetente e inconsequente que eu nunca vi!

Responder

16
8


Olavo - 16-07-2019 20:17:27

Se é desde 2014? A culpa é de quem então? É do bolsonaro que entrou em 2019? Há faça me o favor vai dormir, má gestão, passando a mão grande, conversa pra boi dormir.

Responder

5
0


Gabriel - 16-07-2019 12:48:22

Vc não sabe como uma universidade funciona né? Nem como é a realidade lá dentro. Muito fácil jogar a culpa no reitor, pra pagar é necessário verba...dinheiro para emendas tem de sobra, mas para energia das universidades não! Muitos professores vão perder pesquisas de uma vida inteira, basta um dia sem energia e vc já compromete muita coisa. É muita falta de prioridade!!

Responder

11
6


Olavo - 16-07-2019 20:21:37

Ué energia solar isenta de imposto, esses alunos é professores de engenharia não conseguem resolver isso? Tão fazendo o que lá? Ufmt não investe mais em pesquisa só paga folha e despesas de custeio? Tá na cara que é má gestão! A verba para custeio não foi cortada o maluco, se liga o contingênciamento foi de 3,5% conta outra, vai no curso de matemática que eles te ensinam regra de três básica!

Responder

4
1


23 comentários

coluna popular
Pré-candidato a suplente ao Senado
Moradora de Nobres
Não fez o dever de casa
Em outubro
Só bens declarados

Últimas Notícias
24.09.2020 - 08:04
23.09.2020 - 22:47
23.09.2020 - 21:09
23.09.2020 - 19:55
23.09.2020 - 19:00


Muvuca (PL)

Adevair Cabral (PTB)

Chico 2000 (PL)

Misael Galvão (PTB)

Ricardo Lobo (PL)

Aladir (PL)

Sargento Joelson (SD)

Juca do Guaraná (MDB)

Luluca Ribeiro (MDB)

Macrean

Ralf Leite (MDB)

Renivaldo Nascimento

Toninho de Souza

Edna Sampaio (PT)

Robson Cireia (PT)

Ricardo Saad

Oseas Machado (MDB)

Rogério Varanda

Alex Ribeiro (PP)

Maurélio (PSDB)

Dudu Santos

Marcelo Bussiki

Vinícyus Clovito

Diego Guimarães

Mário Nadaf

Marcos Veloso

Gisele Almeida

Orival do Farmácia

Wilson Kero-Kero

Dr. Xavier

Justino Malheiros

Zidiel Coutinho

Sargento Vidal

Dídimo Vovô

Clebinho Borges

Júlio da Power

Jamilson Moura

Emídio de Souza (PSL)

Adalberto Cavalcanti

Ricardinho

Kako do CPA

Dilemário Alencar

Max Campos (PSB)

Cezinha Nascimento

Edienes Hadassa

Dr Luiz Fernando

PF Rafael Ranalli

Gabriel Henrique

Itamar Jefferson (PL)

Cristiano Paraqueda

Sebastião Moraes

Daniel

Justino Campos

Rafael "Faré"

Darley Gonçalves

Osmar Rodrigues "Chefinho"

Elenir Pereira

Prof.instrutor Joaquim Neto

Diogo Fernandes

Ade Silva

Sargento Ozeni

Dito Paulo

Paulo Macedo

Luiz BA

Professor Frankes

Paulo da VGDI

Valdemir MM

Weto Salgado

Dr. Daúde

Bob Medina

Wagner Vinícius

Luis Carlos

Carlos Henrique do Correio

Adv Cris

Elenir Pereira

Zé Carlos

Luis Cláudio

Huelton Souza

Rosenil Luiz (Canelinha de pacu) (PL)

Sargento Ozeni

Luiz Poção (PL)

Edilson Odilon (PL)

Paulinho CPA

Germânio Araújo

Chico do Leblon

Delegado Garcia

Renato Anselmo

Cleber Adôrno

Doidinhoducorte

Neno do Pascoal Ramos

Prof. Jorginho



Informe Publicitário