Vereador diz que militarização das escolas é um abandono a educação pública  | MUVUCA POPULAR

Terça-feira, 31 de Março de 2020

POLÍTICA Terça-feira, 16 de Julho de 2019, 15h:12 | - A | + A




Falso Patriotismo

Vereador diz que militarização das escolas é um abandono a educação pública

Cézare Pastorello (SD) criticou a medida sancionada pelo governador


redacaomuvuca@gmail.com

O vereador de Cáceres, Cézare Pastorello (Solidariedade), contestou a medida do governador Mauro Mendes (DEM) em militarizar as escolas públicas de Mato Grosso. Segundo o parlamentar, o sistema deve continuar privilegiando uma minoria, enquanto a maioria sofre com o esquecimento da rede pública.

“Mais unidades para selecionar, dentre todos os alunos, alguns privilegiados e manter o abandono na educação pública como um todo?”, questionou Pastorello.

Para o parlamentar, a proposta de “melhores índices de desempenho”, com o conceito de universalizar o acesso ao ensino público de qualidade, é apenas uma desculpa para entregar a educação na mão dos militares e se abster de vez da responsabilidade pública.

Ademais, Cézare aponta que o sistema de educação com critérios de admissão (filhos de militares e aprovados em prova eliminatória), só trará resultados melhores nas avaliações por conta dos alunos.

“A diferença não está no sistema militar ou não, e sim no alunado, que virá de famílias onde eles não precisam trabalhar no contra turno, fazem as refeições sem se preocupar com as do outro dia e têm acesso à internet em casa, computador, revistas etc”, frisou.

De acordo com o vereador, a militarização deve aumentar o distanciamento educacional e fomentar a disparidade entre os ensinos no estado, além de segregar os estudantes entre os privilegiados e os excluídos socialmente.

“A militarização das escolas é a forma mais rápida de aumentar os gaps educacionais, lavando as mãos para a educação como um todo. Porque são os esses pais dos alunos que conseguirão estar matriculados nas escolas militares que têm vez e voz. Aos excluídos, a sorte e a sobra.”, finalizou.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(14) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Romoaldo - 17-07-2019 11:43:31

Um lampejo de sanidade na classe política! É exatamente isso que o governo quer, criar uma escola de elite para receber os alunos de elite, filhos das famílias que podem até pagar escolas particulares, mas que vão usar a desculpa da "disciplina" para matricular seus filhos nas escolas militares. Aos demais alunos, o abandono, pois, serão vistos como aqueles que não se esforçaram. Parabéns, vereador. Tens visão de conjunto e sociedade.

Responder

4
1


Ana do Cidade Nova - 17-07-2019 09:39:47

vereador, vai ler a lei, lá diz, todas as escolas ficam sobre a decisão da comunidade escolar aderir ou não. Nada esta sendo imposto! Vai legislar mais e melhorar a nossa cidade que esta feia!

Responder

2
2


CLEVERSON - 17-07-2019 00:19:50

discordo totalmente dos argumentos apresentados pelo vereador.

Responder

7
2


olavo - 16-07-2019 17:18:14

também concordo com o vereador, tem que Militarizar "todas as escolas" 100% sem exceção, passar todo o controle para o comando militar, e todos os professores, serem contratados, e gerenciados, ai sim, quero ver diretor, merendeira, e outros desviarem recursos da escola, pegou é cana, xadrez...

Responder

7
11


jose a silva - 16-07-2019 16:58:51

Segundo o parlamentar, o sistema deve continuar privilegiando uma minoria, Uai vereador, e a política, não privilegia uma minoria? Cáceres, no rol de habitantes, quantos já foram vereadores? Só dá repeteco! Dois pesos , duas medidas? Ah! Vai dizer que quem quiser se candidata e disputa, é livre para fazê-lo! Nas escolas é a mesma coisa. COMPETÊNCIA e OPORTUNIDADE!

Responder

7
5


alexandre - 16-07-2019 15:54:23

As escolas militares tem o melhor padrão, queremos o melhor para todas as escolas,para todos os alunos não escola do funk..

Responder

10
11


alexandre - 16-07-2019 15:52:13

Os militares não fazem parte da administração publica ? é claro que a administração civil na gestão das faculdades e das escolas falhou, pois a educação desgringolou, basta comparecer , não precisa estudar...

Responder

8
12


Neto - 16-07-2019 15:48:29

Precisamos de escola integral

Responder

12
0


Kiko - 16-07-2019 15:44:05

Quando se trata de escolas militarizadas, não significa que as Forças Armadas vão assumir a frente das instituições e melhorar a qualidade do ensino público. Significa, na verdade, que a Polícia Militar assume a gestão das unidades escolares. Apenas isso.

Responder

8
3


Andriano - 16-07-2019 15:41:26

Que tal fazer essas escolas para crianças infratoras? separar nossos filhos deles e dar mais segurança?

Responder

3
8


Jaquiline - 16-07-2019 15:40:04

não resolve os problemas da educação, isso não era para ser discutido já que não fará diferença na nossa situação

Responder

3
5


Eduardo - 16-07-2019 15:38:06

Não era escola sem partido??

Responder

9
3


Lião - 16-07-2019 15:35:49

Desculpe, Eu apoio totalmente essa medida

Responder

7
9


Everaldo - 16-07-2019 15:34:12

Corrtissimo o ponto de vista do vereador. É facil para a equipe gestora escolher os alunos, manter a disciplina sob o critério policialesco, ter o aparato policial a sua disposição....etc. Enquanto isso as demais escolas e principalmente os alunos excluídos que se dane. Que continuem nas escolas de latas, sem reformas e sem nenhuma infraestrutura....

Responder

11
7


14 comentários

coluna popular
Município ainda não teve nenhum caso confirmado
Parceria com o IFMT
Distribuição cestas básicas
Disse que Covid-19 é transmitido por pernilongo
"Muito bem e com muita energia", diz prefeito

Últimas Notícias
31.03.2020 - 15:26
31.03.2020 - 14:36
31.03.2020 - 13:31
31.03.2020 - 12:20
31.03.2020 - 11:13


Carlos Fávaro (PSD)

Coronel Rúbia (Patriota)

Elizeu Nascimento (DC)

Gisela Simona (Pros)

José Medeiros (Podemos)

Júlio Campos (DEM)

Nilson Leitão (PSDB)

Otaviano Piveta (PDT)

Procurador Mauro (PSOL)

Reinaldo Morais (PSC)

Valdir Barranco (PT)

(Nenhum deles)

Feliciano Azuaga



Informe Publicitário