The news is by your side.

Médicos da UTI suspendem atendimento no São Benedito por falta de pagamento

Com salários de julho ainda atrasados, médicos que atuam na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Municipal São Benedito comunicaram a suspensão dos atendimentos para novos pacientes.

De acordo com os profissionais, eles foram contratados pela empresa Hipermed Serviços Médicos e Hospitalares e não têm informações sobre quando será feita a regularização do pagamento.

Segundo o grupo de médicos, diante da situação, a suspensão dos serviços foi feita nessa terça-feira (31), sendo que foi mantida apenas a assistência a pacientes já internados. A suspensão do recebimento de novos pacientes devem permanecer até que sejam feitos os pagamentos dos salários.

O medo dos profissionais pela falta de pagamento se dá em razão da recente operação Curare, deflagrada pela Polícia Federal em julho, e que teve a empresa Hipermed como alvo. A empresa é acusada de ser parte de uma organização criminosa que montou uma espécie de cartel na Saúde de Cuiabá, por meio de fraude em procedimentos de dispensa de licitação. Irregularmente, a empresa recebeu mais de R$ 11 milhões da Prefeitura.

O mesmo receio levou outro grupos de médicos, que atuam no Hospital Municipal de Cuiabá, a também paralisar o recebimento de novos pacientes, no início de agosto.

Imagem: Reprodução

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação