The news is by your side.

Prefeito faz avaliação pouco positiva do FPM e garante trabalhar por receitas próprias que são utilizadas nas demandas do município

Foto: Olhardireto

O prefeito de Nortelândia Jossimar José Fernandes, o Zema do PP, fez uma avaliação pouco positiva dos repasses de verbas federais que são obrigatoriamente, feitos aos municípios de Mato Grosso, em questão, o Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Nesta sexta-feira, a Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM) divulgou os repasses de R$ 63,2 mil para as prefeituras encaminhados pelo tesouro nacional.  Mas independente disso, o prefeito assegurou que tem ações efetivas que garantem o cumprimento das obrigações com os servidores e prestadores de serviços. “Temos trabalhado para o crescimento das nossas próprias receitas e, com isso, temos conseguido cumprir com as nossas obrigações com os colaboradores em realizados os nossos pagamentos dentro do mês trabalhado”, afirmou o prefeito.

No entanto, ao calcular a margem da receita líquida destinada para Nortelândia, Zema afirmou que de um total bruto de R$ 235.257,62, que foi depositado na conta da prefeitura, apenas R$ 150.564,04 foi o que restou para as ações da atual gestão municipal.

De acordo com o prefeito, o governo federal faz os repasses com descontos de 1% para o pagamento dos direitos trabalhistas dos servidores públicos municipais (Passep). E os 20% que cabem aos municípios servem para compor o Fundo de Desenvolvimento Básico (Fundeb da Educação) e ouros 15% que são destinados ao setor da saúde municipal.

A prefeitura recebeu ainda, nesta sexta-feira, R$ 24.559,38 referente a quarta parcela de um acordo entre os municípios com o STF e o governo federal para terem recursos do Auxilio Financeira de Fomento às Exportações Brasileiras (FEX).

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação