The news is by your side.

Bolsonaro comenta luta para criminalizar ações do MST como terrorismo

Um vídeo em que o presidente Jair Messias Bolsonaro (sem partido) aparece afirmando que as ações do Movimento Sem Terra (MST) devem ser criminalizadas e classificadas como terrorismo voltou a viralizar na internet no final de semana.

Nas imagens, sem camisa e sentado em uma praia, o presidente manda o recado para Mato Grosso, em específico, para a cidade de Juína.

“Alô amigos de Mato Grosso, em especial Juína, o estado do agronegócio. Se Deus quiser nós vamos criminalizar as ações do MST como terrorismo”.

A gravação foi feita em janeiro de 2018, mas ganhou as redes sociais novamente.

Imagem: Marcos Corrêa 

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação