The news is by your side.

Prefeitura pede estudos para remover capivaras dos parques públicos de Cuiabá

O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro solicitou que a Secretaria de Meio Ambiente do Município acione veterinários, biólogos e consulte a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) para  que realizem estudos para saber se existe a possibilidade de remoção das capivaras que estão nos parques públicos administrados pela Prefeitura de Cuiabá, no caso, Tia Nair – na avenida Érico Preza, bairro Jardim Itália e do  Parque das Águas –  Av. Hermina Torquarto da Silva, no Centro Político Administrativo.

A decisão do prefeito basea-se na preocupação com os animais. Cita que a Prefeitura de Cuiabá vem recebendo reclamações referentes a maus-tratos aos animais, atropelamentos e ainda, muitas capivaras estariam morrendo de fome, por causa do crescimento urbano das regiões onde já foi somente mata.

 “Eu pedi aos responsáveis  pela pasta de Meio Ambiente que ouça a UFMT , biólogos e veterinários para que vejam após estudos se existe a possibilidade de retirada dos animais. Infelizmente, por causa do crescimento urbano da Capital, os  animais acabam sofrendo. Agora, temos que ver a possibilidade de  arrumar uma nova casa para elas”, comentou o prefeito Emanuel.
Ele relembra ainda que a gestão sempre manteve o cuidados com a causa animal, na gestão Emanuel Pinheiro já foram aprovadas e estão em fase de regulamentação, seis leis municipais, sugeridas pela Bem-estar direcionadas a causa animal: Lei 436/17 de proteção aos animais, Lei 6423/19 do protetor independente, Lei 6439/ 19 do animal comunitário, Lei 6492/19 monitoramento através de câmeras em pet shop, Lei 6512/20 circulação de veículo de tração animal em vias de perímetro urbano e Lei 6549/20 proibindo animal em corrente curta.
Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação