The news is by your side.

Homem foi morto porque o Comando Vermelho descobriu que ele era do PCC

Oito pessoas foram presas nesta sexta-feira (18), no município de Lucas do Rio Verde (354 km de Cuiabá), por envolvimento na execução de Maurício Ferreira Lucas, 27, que foi encontrado jogado em um buraco, na manhã desta quarta-feira (16).

De acordo com a Polícia Civil, o homicídio de Maurício pode ter sido motivado por uma briga entre facções rivais. Maurício chegou à cidade recentemente e seria membro do Primeiro Comando da Capital (PCC).

Os criminosos, membros do Comando Vermelho (CV), souberam da informação e foram até um bar, onde a vítima estava com outras pessoas e o levaram até uma região de mata, onde foi encontrado morto.

Numa ação rápida desencadeada pela Polícia Civil de Lucas do Rio Verde, 12 pessoas foram conduzidas à delegacia, sendo 9 maiores de idade e três menores. Oito delas foram presas por envolvimento no crime.

O corpo foi localizado na manhã desta quarta-feira (16) por um homem que passava pelo local, que acionou a Polícia Civil. A vítima apresentava marcas de tortura e estava bastante ferida. A perícia apontou um disparo de arma de fogo na virilha.

Informações: Terra MT Digital

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação