The news is by your side.

Polícia faz ação para prender 13 de quadrilha de roubo de veículos

A Polícia Civil deflagrou, na manhã desta segunda-feira (18), a Operação Imperial, 2ª fase – Loki,contra uma organização criminosa estruturada para prática de crimes de roubo e adulteração de veículos.

 

Ao todo são 19 ordens judiciais, entre mandados de prisão e busca e apreensão cumpridos pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos (DERFVA) nas cidades de Cuiabá e Tangará da Serra. A operação teve a primeira fase deflagrada em agosto deste ano.

 

O grupo também atua em outros crimes como, receptação, uso de documentos falsos, falsidade ideológica, estelionato, lavagem de capitais e outros.

 

No total, são cumpridos 10 mandados de prisão preventiva contra suspeitos que estavam presos em razão de prisão temporária e tiveram a prisão convertida em preventiva, três mandados de prisão temporária, e três de busca e apreensão domiciliar.

 

Também  foram decretadas pela Justiça medidas diversas da prisão, sendo expedidas notificações a três investigados, determinando o uso de tornozeleiras eletrônicas.

 

Segundo o delegado titular da DERFVA, Gustavo Garcia Francisco, a segunda fase da operação tem o objetivo de reprimir os crimes de estelionatos que estão correlacionados aos roubos praticados pelo grupo.

 

A operação conta com a participação de policiais da Delegacia de Tangará da Serra, coordenados pelo delegado Adil Pinheiro de Paula.

 

Fase Loki

 

O nome Loki está ligado à magia e pode assumir a forma que quiser. É frequentemente considerado um símbolo da maldade traiçoeiro, de pouca confiança, e embora suas artimanhas geralmente causem problemas a curto prazo aos deuses, estes frequentemente se beneficiam, no fim das travessuras de Loki.
Fonte: MídiaNews

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação