The news is by your side.

Mesmo sem eficácia, cidade de MT quer investir em Kit Covid

A cidade de Araputanga (337 quilômetros de Cuiabá) ainda realiza processo de compra de remédios do chamado kit covid, medicamentos ineficazes contra a Covid-19. Segundo reportagem da UOL, a cidade concluiu a partir de junho licitações na modalidade pregão, que permite a compra de acordo com a demanda assim que os contratos são assinados.

Na ocasião, a ineficácia dos remédios contra a covid já havia sido comprovada e seu uso não era recomendado pela OMS (Organização Mundial da Saúde).

Não há dados consolidados a respeito das compras de medicamentos do kit covid realizados por prefeituras neste ano. Em uma pesquisa em dois tribunais de contas que possibilitam esse tipo de consulta (Pernambuco e Rio Grande do Sul), a organização Transparência Brasil chegou a 49 prefeituras que realizaram processos de aquisição desses remédios no primeiro semestre do ano.

Outra cidade que teve recentemente o resultado de uma licitação para compra de remédios do kit covid publicada em Diário Oficial, mas nega que vá adquirir os remédios, é Araputanga.

Em 22 de setembro, foi publicado o resultado de um pregão que incluiu a previsão de compra de até 5.000 comprimidos de hidroxicloroquina, por R$ 13 mil, e de mil pílulas de ivermectina, por R$ 6.700, para pacientes infectados com covid.

Como é um registro de preços, a prefeitura poderá adquirir os remédios, de acordo com a demanda, até setembro do ano que vem. Mas o secretário municipal de Saúde, Hudson Cunha, disse que isso não será feito.

“Na gestão passada, é que tinham adquirido uma grande quantidade desses remédios. Então, no início do ano, tivemos que distribuir. É aquela história: casamos com a viúva, temos que balançar o filho. Não era o caminho ideal, mas era prescrito pelos médicos. Covid é um ‘trem’ esquisito, que a gente não tem muito parâmetro.”

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação