The news is by your side.

Decreto torna uso de máscara opcional em locais abertos de Cuiabá

 

Prefeito em exercício, José Roberto Stopa, decretou na manhã desta sexta-feira (19), que a população cuiabana não está mais obrigada a usar máscaras de proteção em locais abertos. Cabe a cada um decidir se usa ou não. A decisão, segundo a Prefeitura de Cuiabá, leva em consideração a queda do número de infectados pela covid-19 na cidade, além do alcance da vacinação.

De acordo com as informações da assessoria, a companha de vacinação já aplicou mais de 828 mil doses desde o começo da imunização, em 20 de janeiro de 2021 e por isso, considerando o fato de que o Plano de Imunização está em pleno andamento, a decisão foi tomada.

“A utilização de máscaras de proteção como medida de biossegurança passa a ser facultativa em ambientes externos no âmbito do Município de Cuiabá”, diz trecho do decreto 8.795 assinado nesta sexta por Stopa.

Cenário

Até esta sexta-feira, em Cuiabá, 4 leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e 3 enfermarias estão ocupados com pacientes infectados com covid-19.

Também foi informado que a cidade atingiu 90% da cobertura vacinal da primeira dose da vacina para o público maior de 18 anos – 459.451 mil pessoal.

O esquema completo – primeira e segunda dose – já é de 76,8% da população. Já das pessoas de 12 a 17 anos, o percentual atingido é de 66% – 54 mil pessoas.

Alerta  

Caso os números voltem a aumentar, o Stopa avisou que as medidas de biossegurança serão reavaliadas. Segundo ele, nesse primeiro momento vale a adoção facultativa do uso de máscaras em locais abertos, o que já é uma realidade em várias cidades do país.

“Já tivemos na nossa cidade mais de 5 dias sem mortes pela Covid e esperamos que daqui pra frente possamos controlar a proliferação deste vírus que destruiu muitas famílias”.

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação