The news is by your side.

Direita bolsonarista defende nome de Odílio Balbinotti Filho para governo

Agricultor e proprietário de uma empresa líder nacional do setor, Balbinotti é um dos principais nomes da direita bolsonarista em MT

Da Redação

 

Lideranças de direita, que se dizem alinhadas com o presidente Jair Bolsonaro, articulam-se para lançar a pré-candidatura de Odílio Balbinotti Filho ao Palácio Paiaguás em 2022.

Agricultor e produtor de sementes proprietário de uma empresa líder nacional do setor, Balbinotti é um dos principais nomes da direita bolsonarista em Mato Grosso e reúne todas as condições para administrar o estado com o apoio do presidente da República.

Alinhado com o campo conservador, Balbinotti ganhou destaque pela sua atuação em diversas empresas e entidades durante seus mais de 30 anos de carreira empresarial. Foi membro fundador do Comitê Estratégico Soja Brasil (CESB), presidente da Associação Brasileira dos Obtentores Vegetais (Braspov) e presidente da Cooperativa Agro Industrial do Centro Oeste do Brasil (Coabra). Atualmente é presidente do Conselho Curador da Fundação Mato Grosso e presidente do Conselho de Administração da TMG.

“Competente e com credibilidade, Odílio representa o sentimento do mato-grossense que está descontente com uma gestão que ostenta os cofres cheios de dinheiro enquanto pessoas passam fome ou morrem por falta de leitos de UTIs. Odílio será um governador de resultados, que cumpre os compromissos e que governará para todos. Além disso, será parceiro do presidente Bolsonaro e reconhecerá todo o apoio do Governo Federal ao nosso estado”, destaca o deputado José Medeiros, que é vice-líder do governo Bolsonaro na Câmara Federal.

A expectativa das lideranças e militantes da direita é que Odílio Balbinotti Filho aceite o desafio e se filie a um partido da base de apoio do presidente Bolsonaro nos próximos meses.

“Estamos na expectativa de efetivar esse projeto e oferecer assim aos mato-grossenses uma alternativa viável e credível para o governo. Além de defender a família, Odílio vai trabalhar junto com o presidente Bolsonaro para melhorar a economia e a vida da população de Mato Grosso. Essa parceria é fundamental para o nosso estado”, frisa Victório Galli, presidente estadual do Patriota.

Antes de se definir por Balbinotti, as lideranças bolsonarista analisaram outros nomes para concorrer ao governo, entre eles, o do senador Wellington Fagundes (PL), do deputado federal José Medeiros (PODE), o ex-deputado federal Nilson Leitão (PSDB), o ex-deputado federal Victório Galli (Patriotas), o ex-prefeito Dilceu Rossato (PSL) e o empresário Reinaldo Moraes (PSC). Dos nomes cotados para a disputa majoritária, Wellington e Leitão encontraram resistência na base bolsonarista, que busca um candidato ao governo que tenha histórico de atuação na defesa das pautas defendidas pela direita que derrubou o governo petista e elegeu Bolsonaro presidente do Brasil.

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação