The news is by your side.

Seduc retifica edital e retira rescisão sem indenização um dia depois de reunião na Assembleia

Da Redação

Um dia após reunião com os deputados na Assembeia Legislativa, o secretário de Estado de Educação (Seduc), Alan Porto, retificou o edital 02/2021, que trata sobre o processo seletivo e formação de cadastro de reserva para contratação temporária de profissionais para exercerem os cargos de Professor, Técnico Administrativo Educacional e Apoio Administrativo Educacional.

Porém apesar do pedido do deputado Lúdio Cabral (PT) que haveria cláusulas irregulares como a proibição de pessoas do grupo de risco da covid-19 de participar do certame. Ele defende o sistema antigo de contagem de pontos.

A Seduc alterou apenas um item. Foi retirada a clausula de que os contratados que não tirassem a nota mínima de 6 após avaliação semestral obrigatória, seriam dispensados imediatamente sem direito a qualquer indenização.

Cerca de 42 mil candidatos se candidataram no certame que é conduzido pelo Instituto Selecon. As inscrições foram realizadas para os polos regionais e não mais por municípios.

Os pedagogos aprovados no concurso de 2017 da Seduc não serão mais chamados para tomar posse, pois o Estado repassou as séries iniciais à responsabilidade dos municípios. Conforme a Seduc, cabe ao Estado ofertar do ensino fundamental II, que é a partir do 6º ano ao Ensino Médio.

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação