The news is by your side.

Padrasto investigado por estupro de menina autista de 12 anos é preso

 

Um padrasto acusado de estupro de vulnerável no município de Peixoto de Azevedo (691 km ao norte de Cuiabá), foi preso pela Polícia Civil, na sexta-feira (03.12), em rápida ação para cumprimento de mandado de prisão.

O suspeito de 44 anos teve a ordem de prisão temporária decretada pelo juízo da 2º Vara da Comarca local, após investigação da Delegacia de Peixoto de Azevedo para apurar o crime.

A ocorrência foi registrada na quinta-feira (02), quando a genitora da vítima de 12 anos procurou a Polícia Civil. Conforme narrativa, a menina que possui autismo contou com detalhes para sua mãe, os abusos que vinha sofrendo por parte do padrasto.

Diante da gravidade dos fatos, imediatamente a Polícia Civil representou pela prisão do investigado que foi deferida pelo Poder Judiciário. Com o mandado judicial, os policiais civis efetuaram a prisão do padrasto.

O suspeito foi conduzido à Delegacia de Peixoto de Azevedo, interrogado e em seguida apresentado e colocado à disposição da Justiça.

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação