The news is by your side.

Homem mata a ex-mulher na frente da filha, esfaqueia o pai dela e tenta se matar em VG

 

Técnica de enfermagem Franciele Robert da Silva, 33, foi morta com golpes de faca no final da tarde de domingo (5), em sua casa, no bairro Jardim Glória 1, em Várzea Grande. O autor do crime é seu ex-marido, que não aceitava o término. Ele invadiu o local e ainda tentou matar o pai de Franciele. Depois do crime, se trancou no banhou e tentou cometer suicídio. Ele foi preso pela Polícia Civil.

De acordo com as informações apuradas, Polícia Militar foi a primeira a ser acionada por volta das 17h55 e quando chegou, encontrou o idoso de 67 anos ferido na porta de casa com duas perfurações de faca, uma no umbigo e outra no pescoço.

Ele informou que o autor do crime, seu ex-genro, estava trancado no banheiro. Polícia solicitou apoio e entrou na casa, encontrando Franciele no quarto, caída, com muito sangue no local. Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e a equipe médica constatou a morte da vítima no local.

Já o suspeito, Júnior dos Santos Igesca, 36, foi encontrado caído no banheiro com um corte no pulso e outro no pescoço. Ele estava com vida e foi socorrido pelo Samu até o Pronto-Socorro de Várzea Grande. Cena do crime foi isolada para os trabalhos da Delegacia de Homicídios e Politec.

 

Muito sangue

Policiais informaram que havia muito sangue pela casa, especialmente no quarto e no banheiro. Irmão da vítima, que é policial do Batalhão de Operações Especiais (Bope), informou que ela estava separada do suspeito há dois meses e que já tinha medida protetiva contra ele.

 

Que no momento do crime, a filha do casal, de 12 anos, estava no local. Após ser atendido no Pronto-Socorro, ele foi preso em flagrante pelos investigadores da DHPP e autuado pelo crime de feminicídio e tentativa de homicídio.

Nas redes sociais, amigos e familiares lamentaram a morte de Franciele. “E difícil… Aceitar … Minhas palavras vêm da força, por que eu estou arrasada, perdemos hoje uma grande profissional, uma guerreira, uma amiga, pessoa maravilhosa, Deus minha cabeça dói da perda dessa colega”. Disse uma colega de profissão.

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação