The news is by your side.

União de esforços na ALMT garantiu R$ 44 milhões aos hospitais filantrópicos

Da Redação

Com os repasses devidamente encaminhados na semana passada, o deputado estadual Ondanir Bortolini (PSD), destacou na manhã do último sábado (4), o quanto a união e a articulação conjunta foram importantes para a conquista do repasse dos recursos do Fundo Estadual de Equilíbrio Fiscal (FEEF)  aos hospitais filantrópicos. No total, a Secretaria de Estado de Saúde (SES) transferiu R$ 44,2 milhões a sete municípios de Mato Grosso.

Dos recursos destinados, Rondonópolis recebeu R$ 9,4 milhões, sendo R$ 8,5 milhões para a Santa Casa de Misericórdia e R$ 866 mil para o Hospital Psiquiátrico Paulo de Tarso. De acordo com o parlamentar, os valores foram destinados aos 11 hospitais filantrópicos contemplados pelo recurso, sendo os municípios os responsáveis pelo direcionamento do recurso às instituições beneficiadas. “Acredito que a maioria dos municípios já estão com os recursos creditados nas contas das prefeituras”, disse Nininho.

O deputado agradeceu todos que participaram das reuniões, para discutir os recursos e chegar a um denominador comum. “No nosso caso, que somos ali da região sul, temos uma relação muito próxima com a Santa Casa de Misericórdia, participamos desde sempre, não apenas dessa pauta, mas de outras, porque a saúde não para nós. A pauta do Feef foi extensa, foram muitas reuniões. Desde já agradeço o governador Mauro Mendes que nos recebeu juntamente com o secretário (de Saúde), Dr. Gilberto Figueiredo, e os representantes da  Santa Casa de Rondonópolis. Tenho certeza que os investimentos serão geridos com responsabilidade e transparência”, ratificou.

Para Nininho, a união da Assembleia Legislativa em prol das pautas discutidas dos filantrópicos foi primordial. “Não tem A ou B, foram todos os parlamentares, não podemos tratar de maneira isolada. A Casa de Leis está atenta a todos os interesses, em especial da Saúde e quando tratamos desta pasta existe sim, uma gestão com esforços dos 24 parlamentares”, asseverou.

O deputado alertou para que os gestores sigam as orientações da SES MT que é agilizar os repasses. “Os recursos são fundamentais para o bom funcionamento do Sistema Único de Saúde, cabe às prefeituras transferir e os gestores das institucionais fazerem a gestão, é preciso chegar o quanto antes”, pontuou.

“Quero agradecer a atuação da Superintendente Executiva da Santa Casa de Rondonópolis, Bianca Talita, do diretor hospitalar, Wellington Randal; da SOS Santa Casa de Rondonópolis; da presidente do Hospital Geral de Cuiabá, Dra. Flávia Silvestre, e todos que participaram conosco dos debates”, completou Nininho.

A superintendente executiva da Santa Casa de Rondonópolis destacou o esforço de todos pela causa dos filantrópicos e instituições de saúde. “Foram muitas reuniões, diálogos, tabelas, contas, mas o mais importante disso tudo é a conquista. O governador Mauro Mendes, juntamente com o secretário de Saúde Dr. Gilberto, que prontamente nos ouviram, pediram os estudos e fizeram o que é certo, os parlamentares envolvidos, e  agradecemos especialmente ao deputado Nininho, que tem o dom de agregar e unir forças, que está conosco desde o início e não mediu esforços para trazer mais força, colocando o deputado federal Neri Geller para nos auxiliar, só temos uma palavra, gratidão”, disse Bianca Talita.

 

 

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação