The news is by your side.

Audiências públicas garantiram debate da LOA 2022; Votação deve ocorrer no dia 23

Da Redação

 

Receita estimada para o próximo exercício e está prevista na Lei Orçamentária Anual- LOA 2022, na ordem de R$ R$ 4.232.310.548,00 dividida entre corrente de capital, reserva de capital e despesa

 

A peça orçamentária que dispõe sobre a previsão da Lei Orçamentária Anual (LOA) 2022 foi apresentada e debatida em três (3) audiências públicas coordenadas pela Comissão de Fiscalização e Acompanhamento da Execução Orçamentária da Câmara Municipal de Vereadores, nos dias 16 e 17 de dezembro, no plenário das Deliberações de forma hibrida.

A receita estimada para o próximo exercício e está prevista na Lei Orçamentária Anual- LOA 2022, na ordem de R$ R$ 4.232.310.548,00 dividida entre corrente de capital, reserva de capital e despesa. “Isso representa o dobro da receita recebida em 2017, o primeiro ano da gestão Emanuel Pinheiro, R$ 2.182.477.970,47 deixada pela administração anterior. O orçamento concede prévia autorização ao ente da Federação para que este realize receitas e despesas em um determinado período.

“As receitas estimadas são registradas de várias fontes, podendo ser por meio de convênios com o Governo Federal, Estado, cota-parte de tributos estaduais, tributos municipais, emendas parlamentares de senadores e deputados estaduais e federais”, explicou o prefeito Emanuel Pinheiro para elucidar os trabalhos executados pela administração em sempre cumprir o que determina a Lei de Responsabilidade Fiscal- LRF.

O secretário municipal de Planejamento, Éder Galiciani evidenciou que diante da receita proposta estimada na LOA 2022, se comparado a 2021, o orçamento do próximo exercício terá um crescimento de R$ 327 milhões a mais. “Esse incremento está quase todo impulsionado por recursos da fonte 100, da arrecadação própria do município”, ponderou o secretário.

A proposta da LOA/2022 encaminhada pelo Executivo, antes já assegurou a participação popular através de audiências públicas realizadas nos dias 08 e 10/09/2021 por meio das redes sociais das páginas oficiais da Prefeitura de Cuiabá do YouTube, Facebook e Instragram.

Dentre os valores previstos, o secretário destacou algumas áreas beneficiadas com esse incremento na arrecadação. Para Educação, a receita estimada é de R$ 715.280.844,00, o que representa um aumento de R$ 96 milhões se comparado ao ano anterior. E para a Saúde, do total previsto de R$ 1.195.000.703,00, o acréscimo será de R$ 1.494.703,00.

Divididos por secretarias, cada encontro contou com a explanação dos valores previsto na LOA, detalhados os valores estimados para cada projeto ou ação que serão executados por secretaria específica.

Diferente da LDO, a LOA é que determina onde esses recursos serão aplicados. É o instrumento de planejamento utilizado pelos governantes para gerenciar as receitas e despesas públicas em cada exercício financeiro. Sendo assim, o orçamento concede prévia autorização ao Ente da Federação para que este realize receitas e despesas em um determinado período. A LOA elaborada pela equipe técnica da Prefeitura não é uma peça absolutamente fechada. Pode e deve receber sugestões e emendas a serem acrescentadas. “Os poderes são independentes, mas devem ser harmônicos entre si para que os anseios da população sejam atendidos e a Prefeitura possa cumprir com as exigências da Lei Orgânica do Município”, destacou o secretário.

Durante o encontro, o vereador membro da Comissão de Fiscalização e Acompanhamento da Execução Orçamentária, Chico 2000 apresentou estimativa de 180 emendas que serão propostas para serem implementadas na LOA 2022.

A Câmara tem até o dia 31 de dezembro para devolver a peça orçamentária para o Executivo, estando prevista a votação final no dia 23. O projeto será sancionado no próximo ano.

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação