The news is by your side.

Naiara Azevedo admite desistir de faixa “em respeito” à família de Marília Mendonça

 

A equipe de Naiara Azevedo divulgou uma nota neste domingo (16) dizendo que vai desistir de lançar a música “50 porcento”, gravada em parceria com Marília Mendonça, se a família da cantora quiser. A faixa virou polêmica após Naiara anunciar que iria lançar e a família de Marília criticá-la.

A equipe de Naiara Azevedo diz que tem “respeito e admiração” por Marília e sua família, que “entende toda a delicadeza da situação” e que, “em respeito” aos familiares, não irá lançar a canção se eles não desejarem.

A primeira controvérsia musical do “BBB22” começou ainda no confinamento. Naiara Azevedo anunciou que tem 12 músicas prontas, que podem ser lançadas ao longo do reality.

A faixa em parceria póstuma com Marília Mendonça foi alvo de críticas do irmão da cantora, João Gustavo. A equipe de Naiara Azevedo disse que foi uma “homenagem carinhosa”. Mas a família se diz magoada com a cantora por não ter sido procurada e afirma que não há liberação para o lançamento.

A entrada de Naiara na casa com um álbum pronto lembra o plano do sertanejo do BBB anterior, Rodolffo. Ele chegou om um DVD pronto com o companheiro Israel. A dupla se deu bem, com a música “Batom de cereja” no posto de mais tocada do ano no Brasil.

A inclusão da faixa “50 porcento” no projeto de Naiara foi alvo de críticas de João Gustavo. Ele disse, no Twitter, que Naiara entrou no BBB para “se promover”, que ela não iria “tirar o nome da minha irmã da boca” e que não iria aceitar “ninguém ganhar em nome dela”.

A assessoria de Naiara Azevedo, ao rebater as críticas do irmão, descreveu ao g1 o projeto do álbum “Naiara Azevedo – Baseado em fatos reais” e disse que “as duas cantoras sempre tiveram um relacionamento de respeito na música e no âmbito pessoal”.

Segundo a equipe de Naiara, o clipe de “50 porcento” foi gravado em 2020, para um projeto dela chamado “Juntas”, que teria parcerias com outras mulheres. Mas o lançamento ficou aguardando autorização da gravadora de Marília, diz a assessoria. Este projeto acabou não saindo.

A autorização para o lançamento de “50 porcento” teria sido dada só no final de 2021, sem uma data definida.

Naiara decidiu incluir a faixa no álbum e “optou por regravar a canção como uma forma carinhosa de homenagear a cantora, inserindo imagens do videoclipe no telão de seu novo DVD”, diz a assessoria.

Após a publicação deste texto a família de Marília Mendonça divulgou um comunicado em que reafirma as críticas a Naiara Azevedo e afirma que não há liberação para o lançamento da faixa com a voz e a imagem de Marília.

“Estamos aqui com a missão de cumprir a vontade da Marília, todas as músicas autorizadas por ela em vida serão lançadas, como ela queria. O que nos magoa é usar a mídia de maneira estratégica para forçar a liberação, sem ao menos nos comunicar. Todos os artistas, têm tido o respeito de nos procurar. Nunca fomos contatados pela Naiara ou por ninguém da equipe dela. Os motivos para a negativa sempre coube a Marília.

“E nós iremos respeitar sempre a vontade dela, outras músicas ainda serão lançadas porque era o desejo dela. Infelizmente, temos lidado com este tipo de coisa diariamente. Não peçam para quem vive a dor se conformar com tudo, porque o que temos é muito maior, lidamos com a perda da filha, da irmã e da mãe, não se trata única e exclusivamente da artista Marília Mendonça”.

 

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação