The news is by your side.

Policiais da prefeitura de Cuiabá terão aumento de 48% no valor da hora trabalhada

Da Redação

A partir do mês de janeiro, os policiais militares, civis e bombeiros militares que atuam na Secretaria Municipal de Ordem Pública terão aumento de 48% nos valores da hora trabalhada. Nas horas das folgas, os policiais e bombeiros atuam na prefeitura na segurança de escolas, parques municipais e fiscalizações.

Por meio de um convênio com o Estado e com as prefeituras, o trabalho de atividade delegada é realizado nos municípios similar a uma Guarda Municipal, onde os policiais trabalham com as suas armas e fardados e com veículos da prefeitura, no caso de Cuiabá.

Durante a semana, os oficiais militares e delegados, que ganhavam R$ 22,22 por hora trabalhada, passarão a receber R$ 32,83. Nos fins de semana e feriados, o valor aumentou de R$ 26,66 para R$ 39,41.

Já os subtenentes, sargentos e escrivães de polícia recebiam R$ 21,66 e agora passarão para R$ 31,98. Aos fins de semana e feriados, o valor que era de R$ 24,37, agora será de R$ 36.

No caso de cabos e soldados e investigadores, o valor de segunda a sexta, que era de R$ 20,30, passou a R$ 30. A hora trabalhada nos fins de semana e feriados saltou de R$ 23,01 para R$ 33,99.

Durante a live realizada na semana passada, o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), classifica o projeto de ganha-ganha, pois ao cumprir a jornada de 24h por 72h no Estado, esse policial ou bombeiro pode utilizar o seu tempo livre, que antes poderia ser de segurança de algum lugar como ‘bico’, para trabalhar na Prefeitura da Capital.

“No horário da folga, ele continua trabalhando por Cuiabá, ele aumenta a sensação de segurança e ele vai poder atuar com a viatura, armado, fardado, só que pago pela hora trabalhada. Eu não tiro o efetivo das ruas, ele ganha uma renda extra e continua servindo a sociedade”.

A quantidade de agentes da segurança pública, sejam eles policiais militares, civis ou bombeiros militares, aumentou em 231% nos últimos cinco anos na Secretaria Municipal de Ordem Pública de Cuiabá.

A atividade delegada em que o município paga por hora trabalhada os agentes de segurança nos seus momentos de folga para atuar na segurança de locais públicos do município cresceu de 420 servidores, em 2017, para 1.392, em 2022.

 

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação