The news is by your side.

Monitoramento da BR-163 ajuda na localização de pessoas desaparecidas

Da Redação

Com 50 câmeras ao longo dos 850,9 quilômetros da rodovia sob concessão da Rota do Oeste, em apoio à Polícia Rodoviária Federal (PRF), é possível localizar pessoas desaparecidas. O caso mais recente é de um morador de Rondonópolis Eduardo Oliveira da Silva, que sumiu de casa e foi encontrado na rodovia.

O jovem de 18 anos, que é portador de problemas neurológicos e faz uso de medicamentos controlados, estava desaparecido há mais de 24 horas quando foi encontrado pelas equipes de inspeção da base de atendimento ao usuário de Itiquira (SAU 1), sob uma forte chuva próximo ao km 21 da BR-163 na noite do dia 29 de dezembro de 2021. A mãe de Eduardo, Vilma Pereira da Silva, conta que estava muito preocupada. “Não tive sossego até encontrar meu filho”, comenta.

Eduardo não costuma sair sozinho, mas na manhã do dia 28 de dezembro, ele decidiu dar um passeio enquanto a mãe realizava serviços domésticos. Quando Vilma se deu conta, o filho tinha desaparecido. Imediatamente a família iniciou as buscas, comunicou aos órgãos componentes e aos conhecidos, que se empenharam na busca para encontrá-lo.

Após dois dias de buscas, por volta das 19h do dia 29, Vilma se preocupava na chuva forte que caia naquele momento quando seu marido recebeu uma ligação informando o paradeiro do rapaz. A mãe relata o nervosismo que sentiu indo até o local onde se encontrava seu filho, que estava seguro com as equipes da Rota do Oeste e da PRF.

“A gente se guiava pelo ‘olho de gato’ que brilhava na rodovia, porque a chuva estava muita. Se eles não tivessem o encontrado, ele teria sumido”, lembra. Mas nada foi mais forte do que o alívio que ela sentiu ao reencontrar Eduardo e levá-lo para casa bem, saudável e em segurança na espera do novo ano. “Agradeço a Deus todos os dias pela vida dos funcionários da Rota”, celebra.

Na primeira semana de janeiro de 2022 outros dois adolescentes foram encaminhados no dia 6 de janeiro por equipes de operação ao Conselho Tutelar de Cuiabá e Várzea Grande. Um deles procurou atendimento diretamente em uma base da Rota do Oeste em Santo Antônio do Leverger (SAU 6) e o outro, que estava descansando sozinho em frente à um comércio da mesma cidade, foi encontrado após contato realizado pelo 0800 da Concessionária por um usuário da rodovia.

A Concessionária Rota do Oeste esclarece que a localização de desaparecidos é realizada em apoio à PRF, órgão competente para atender a esse tipo de situação em rodovias federais. Os usuários que buscam por alguém podem entrar em contato pelo número 0800 065 0163 com a descrição das vestimentas e características físicas da pessoa, para que as equipes fiquem em alerta.

Parceria com o Ciosp

As imagens são captadas e monitoradas 24 horas pelo Centro de Controle Operacional (CCO) da Concessionária e as informações são compartilhadas com órgãos de segurança pública como o Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp), da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) e a PRF.

Durante todo o ano de 2021, as câmeras ao longo do trecho sob concessão da Rota do Oeste emitiram ao menos 3.421 alertas de ocorrências para a Sesp. Sendo a maior parte – 551 alertas – de questões fazendárias e 244 ocorrências relacionadas a veículos, sendo 196 roubados e 48 furtados.

A Rota do Oeste conta também com os usuários para a supervisão da BR-163/364 por meio do número de telefone 0800 065 0163, canal dedicado ao atendimento onde qualquer adversidade na rodovia pode ser relatada.

 

 

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação