The news is by your side.

Polícia do Rio de Janeiro ocupa comunidade do Jacarezinho

 

A comunidade do Jacarezinho, na zona norte do Rio de Janeiro, está sendo ocupada por agentes de segurança nesta quarta-feira (19). A ação é denominada pelo governo do Estado de “retomada de território”.

Segundo a Polícia Militar, comunidades do entorno, como Manguinhos, Bandeira II e Conjunto Morar Carioca, também são ocupadas por cerca de 1,2 mil agentes.

“Damos início a um grande processo de transformação das comunidades do Estado do Rio. As operações de hoje são apenas o começo dessa mudança que vai muito além da segurança”, escreveu o governador Cláudio Castro (PL) nas redes sociais.

O projeto “Cidade Integrada” tem o objetivo de fazer uma ocupação social de comunidades da cidade, em uma espécie de reformulação do programa das Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs), criado em 2008.

A operação na comunidade do Jacarezinho, uma espécie de reformulação do programa das UPPs, prevê patrulhamento, investigações para desestruturar organizações criminosas e intervenções sociais. Esse modelo seria aplicado em mais cinco comunidades do Rio de Janeiro.

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação