The news is by your side.

Plataforma chinesa altera final do filme ‘Clube da Luta’ e gera repercussão

 

A plataforma chinesa Tencent Video está transmitindo uma versão do filme “Clube da Luta” com final alterado, segundo comentaram usuários da rede social Weibo, semelhante ao Twitter, nas últimas horas.

A versão disponível no Tencent Video dura 127 minutos, 12 minutos a menos que a obra original, dirigida por David Fincher e lançada em 1999.

Na versão original, o personagem interpretado por Edward Norton mata seu alter ego, produto de sua imaginação e interpretado por Brad Pitt.

Após tomar essa decisão, Tyler Durden, personagem de Norton, é visto assistindo a explosão de vários edifícios, parte de seu plano contra a sociedade moderna.

Na edição do Tencent Video, no entanto, as explosões não são vistas, uma vez que são substituídas por um banner que explica: “A polícia descobriu todo o plano e prendeu os criminosos, evitando assim a explosão das bombas. Mais tarde, Tyler foi encaminhado para um centro psiquiátrico para receber tratamento psicológico”.

A alteração de filmes é relativamente comum na China, onde as autoridades ou às vezes as próprias plataformas e distribuidores tendem a censurar nudez, conteúdo político considerado sensível ou cenas sexuais.

No entanto, retirar uma cena e propor um final alternativo é um passo adiante. “Estamos diante de um novo tipo de censura?”, questionou um internauta.

 

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação