The news is by your side.

Justiça dá 15 dias para Santa Casa pagar conta de luz de R$ 22,8 milhões

Folhamax

 

A 5ª Vara Cível de Cuiabá deu 15 dias para o Hospital Santa Casa de Misericórdia, em Cuiabá, pagar uma dívida de R$ 22,8 milhões com a Energisa – concessionária que realiza a distribuição de energia elétrica em Mato Grosso.

De acordo com um despacho publicado nesta terça-feira (29), caso não haja o pagamento do débito em 15 dias, uma penhora judicial já foi autorizada pelo juízo da 5ª Vara Cível de Cuiabá.

“Registre-se, por oportuno, que não efetuado tempestivamente o pagamento voluntário, será expedido, desde logo, mandado de penhora e avaliação, seguindo-se os atos de expropriação. Por derradeiro, cumpre asseverar que no mandado de intimação deverá constar que decorrido o prazo sem o pagamento voluntário, inicia-se o prazo de 15 dias para que a executada querendo, independente de penhora ou nova intimação, apresente sua impugnação nos próprios autos”, diz trecho do despacho.

O processo em que a Santa Casa é cobrada pela dívida milionária tramita no Poder Judiciário de Mato Grosso desde o ano de 2007. Os trechos dos autos disponíveis à consulta pública no site do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), apontam que acordos entre as partes já foram firmados ao longo dos anos.

A intimação para o pagamento do débito de R$ 22,8 milhões, entretanto, indica que a Santa Casa continua inadimplente com a dívida, que vem sendo cobrada desde o tempo das antigas Centrais Elétricas Matogrossenses (Cemat).

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação