The news is by your side.

Anvisa proíbe comercialização de chocolate da Kinder por surto de salmonela

Da Redação

Um alerta internacional sobre um surto de salmonela foi divulgado pela Rede Internacional de Autoridades de Segurança Alimentar sobre produtos de chocolate da marca Kinder, fabricados na Bélgica, deixando muita gente preocupada nesta semana de Páscoa no Brasil.

Embora o país não esteja na lista dos que receberam os produtos contaminados, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou uma resolução que proíbe a comercialização, distribuição, importação e uso dos produtos da marca, que são alvo de alerta e recolhimento internacionais. A empresa foi notificada a prestar informações sobre os produtos e também sobre o controle de importações.

Em nota no site oficial da Ferrero Brasil, responsável pela distribuição e venda dos chocolates Kinder no país, a empresa afirma que lamenta a situação envolvendo alerta internacional e que “a segurança alimentar, a qualidade e o cuidado estão em nossa essência desde a fundação da empresa. Este sério evento atinge o cerne do que defendemos e tomaremos todas as medidas necessárias para preservar a total confiança de nossos consumidores”. Ainda no texto, a Ferrero afirma que o Brasil não recebeu os produtos contaminados e que suspendeu suas ações na fábrica de Arlon, na Bélgica, onde surgiram as suspeitas de salmonela. “A fábrica só será reaberta depois de certificada pelas autoridades. Apenas os produtos Kinder fabricados em Arlon, Bélgica, são afetados por este recall. Todos os outros produtos da linha Kinder e os outros produtos da Ferrero não foram afetados”.

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação