The news is by your side.

Vídeo: Mulher é estuprada por colegas no primeiro dia de serviço

Da redação

O corpo de uma jovem foi encontrado pendurado em uma barra de ferro atrás de um hospital particular no distrito de Unnao, em Uttar Pradesh, na Índia. Ela teria começado a trabalhar no hospital um dia antes de ser encontrada morta. O incidente foi relatado no Hospital New Jeevan, na vila de Dullapurwa, no sábado (07). A falecida foi identificada como Naziya Bano, 19 anos, moradora da vila de Tikana.

Ela havia chegado ao hospital na sexta-feira para trabalhar como auxiliar. O corpo de Naziya foi descoberto pela equipe do hospital no dia seguinte, pendurado em uma barra de ferro que se projetava da parede traseira do recém-inaugurado centro médico. Havia um laço em seu pescoço, uma máscara estava em seu rosto e um pano semelhante a um lenço estava em suas mãos, que estavam pressionadas entre o peito e a parede.

Funcionários do hospital informaram à polícia, que chegou ao local e retirou o corpo, antes de enviá-lo para necropsia.

Funcionários disseram à polícia que Naziya estava dormindo dentro do hospital na noite de sexta-feira. Seu corpo foi descoberto na manhã seguinte. No Twitter, o Dr. Shashi Panja, Ministro encarregado do Departamento de Desenvolvimento Feminino e Infantil e Bem-Estar Social em Bengala Ocidental, disse: “O horror de @BJP4UP que governou Uttar Pradesh continua! Jovem enfermeira estuprada por alguns funcionários no primeiro dia de seu trabalho.

 

Por: www.news18.com

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação