The news is by your side.

Nininho é condenado a mais de 8 anos de prisão por desviar dinheiro de obras de escola

O deputado estadual Ondanir Bortolini (PSD), o Nininho, foi condenado a 8 anos e 2 meses de prisão, em regime inicialmente fechado, por fraudes durante a execução das obras de uma escola municipal em Itiquira (360 Km distante de Cuiabá). A decisão é do juiz Victor de Carvalho Saboya Albuquerque, da 1ª Vara Federal de Rondonópolis.

Conforme o despacho, Nininho, que era prefeito de Itiquira à época, juntamente com Odeci Terezinha Dalla Valle, Denilson de Oliveira Graciano e Fabiano Dalla Valle, teriam desviado em comum acordo, no ano de 2007 e em 2015, R$ 56.560 para o favorecimento da empresa Produtiva Construção Civil LTDA — EPP. Nininho, a então tesoureira, Odeci, o então secretário de Administração e Finanças, Fabiano, eram os responsáveis pela execução financeira da obra.

Juiz acolheu denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal, que aponta que o município de ltiquira celebrou com o Fundo o convênio n° 830484/2007 em 31 de dezembro de 2007 com vigência de 540 dias, no valor de R$ 707.070,71, para a construção daquela escola. Contudo, em decorrência de uma Tomada de Precos, a prefeitura firmou a celebração do contrato nº 100/2008 com a empresa Produtiva Construção Civil LTDA, propriedade do réu Denilson de Oliveira Graciano, no valor de R$ 933.811,30.

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação