The news is by your side.

Ministra afirma que últimos documentos para retomada das exportações de carne foram enviados

A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, afirmou que está em tratativa com o governo da China para a retomada das exportações de carne bovina ao país asiático. A suspensão ocorreu após o registro de dois casos atípicos de encefalopatia espongiforme bovina (EEB), popularmente conhecida como ‘vaca louca’, em Mato Grosso e em Minas Gerais.

Além da dificuldade com o idioma e fuso horários, a ministra explicou que há uma série de documentações que foram exigidas pela China. “Nós mandamos agora o último pedido de informações que foi feito, deve ter ido ontem para a China, lá e embaixada brasileira deve entregar isso hoje, ou amanhã e ai a gente vai ver se atendemos todas as perguntas e indagações que o Ministério vem fazendo a respeito dos dois animais que tiveram ao diagnóstico de EEB confirmados”, disse em coletiva de imprensa no lançamento da safra 21/22 em Sorriso nesta quinta-feira (28.10).

Tereza Cristina assegura que a Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) concluiu que os dois casos de encefalopatia espongiforme bovina, conhecida como o mal da vaca louca, detectados em frigoríficos de Minas Gerais e de Mato Grosso, não representam risco para a cadeia de produção bovina. “Agora é aguardar esse momento e eu espero que a gente tenha uma resposta positiva em breve”.

Prejuízos para Mato Grosso
Segundo o Instituto Mato-Grossense da Carne (Imac), o prejuízo à indústria pecuaristas do estado pode ser de de US$ 4,4 milhões por dia, cerca de R$ 25 milhões na cotação atual.

Um levantamento realizado pelo Imac aponta uma queda na atratividade das exportações de carne bovina para a China em 2021. Em 2020, o índice de atratividade era, em média, 123,1 e em 2021, a média de janeiro a setembro, o índice caiu parágrafo 94,3. Este indicador apresenta muitas arrobas podem ser compradas com a venda de uma tonelada de carne exportada.

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação