The news is by your side.

Pinheiro não está abandonado pelo partido, afirma deputado

Mesmo afastado por suspeita de integrar um esquema de contratação irregular de servidores para a secretaria de Saúde de Cuiabá, o prefeito Emanuel Pinheiro não está desamparado pelos colegas do Movimento Democrático Brasileiro (MDB), partido que é filiado. É o que afirma o deputado Thiago Silva.

O parlamentar afirma que a defesa, por meio do advogado Francisco Faiad, tem agilizado os procedimentos para o retorno de Emanuel ao cargo. “O diretório estadual, que tem o advogado Francisco Faiad, que sempre está em defesa dos nossos militantes, tem atuado em defesa do nosso prefeito Emanuel Pinheiro. A gente está à disposição, em momento algum o diretório abandonou o prefeito, a gente está à disposição para aquilo que tiver na nossa competência ajudar”, disse.

Emanuel está afastado desde a semana passada, quando foi deflagrada a Operação Capistrum, pelo Núcleo de Operações Originárias (Naco) do Ministério Público de Mato Grosso.

Thiago Silva assegura que o amparo foi definido pelo presidente estadual do diretório, o cacique Carlos Bezerra. “A gente sabe que tá no campo jurídico isso e o que tem que ser feito é recorrer através do campo jurídico para que possa resolver essa situação, não tem nada a mais o que ser feito, o partido está dando total apoio, e o que precisar, o deputado Carlos Bezerra nos confirmou que tem colocado a disposição do prefeito Emanuel”, completa.

No dia da operação uma decisão afastou o chefe do Executivo cuiabano por tempo indeterminado, já nessa segunda-feira (25), um novo pedido de afastamento foi decretado, agora pelo período de 90 dias.

O deputado Thiago Silva avalia que é momento de aguardar e não há como manter um dialogo com o MP.  “Eu acredito que é uma decisão do Ministério Público e essa questão da interferência dos poderes, cada poder responde pelas suas ações, então o que pode ser feito é através do campo jurídico”.

Questionado sobre a imagem de Emanuel para as eleições de 2022, e se o afastamento prejudica Pinheiro politicamente, o parlamentar afirma que é necessário que as investigações sejam concluídas. “Em momento algum ele colocou isso para o partido, eu acredito que só após o desenrolar disso tudo a gente vai ter uma leitura de qual foi o impacto desse afastamento do prefeito, temos que aguardar”, conclui.

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação