The news is by your side.

Músico morre após tomar primeira dose da vacina AstraZeneca em Londres

Da Redação

 

O jornal Daily Mail noticiou que um músico de 40 anos, Matthew Dibble, morreu após sofrer uma hemorragia cerebral “induzida por sua primeira dose da vacina AstraZeneca”, no dia 12 de maio, em Londres.

Matthew Dibble estaria sofrendo de uma dor de cabeça “logo depois de receber uma dose da vacina AstraZeneca”. Ele se apresentou no Hospital St Thomas, no centro de Londres, mas sua dor de cabeça foi considerada “leve”. Os médicos disseram que Matthew tinha uma contagem normal de plaquetas e que uma tomografia computadorizada não revelou nada de preocupante. Dois dias depois, já em sua casa, foi encontrado por sua mãe “sonolento e atônico”, foi quando ela chamou uma ambulância e Matthew foi levado às pressas para o King’s College Hospital, no sul de Londres.

Os testes revelaram que sua contagem de plaquetas caiu significativamente, e que também sofreu uma hemorragia no lado direito do cérebro, passando então por uma craniectomia de emergência para aliviar a pressão sanguínea. Mesmo após o procedimento, Matthew não resistiu, morrendo no hospital.

O médico legista, Julian Morris, descreveu na autópsia que a trombose do seio venoso cerebral e a hemorragia cerebral foram induzidas pela vacina. Morris confirmou que um inquérito completo sobre a “morte não natural” ocorrerá em uma data ainda a ser fixada.

Uma página criada pelos amigos de Dibble, dizia: “Sua morte foi uma tragédia injusta e devastadora para sua amorosa família”.

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação