The news is by your side.

Bolsonaro: “por mim não teria carnaval”

Da Redação

 

Em entrevista à Rádio Sociedade, da Bahia, nesta quinta-feira (25) o presidente Jair Bolsonaro disse que se dependesse dele, não teria carnaval em 2022 no Brasil.

“Por mim, não teria Carnaval. Só que tem um detalhe: quem decide não sou eu”, disse Bolsonaro. “Segundo o Supremo Tribunal Federal, quem decide são os governadores e os prefeitos. Não quero aprofundar nessa que poderia ser uma nova polêmica.”

Bolsonaro destacou que as medidas de combate ao coronavírus foram tomadas por governadores e prefeitos.

“Em fevereiro do ano passado, ainda estava engatinhando a questão da pandemia. Pouco se sabia, praticamente não havia óbitos no Brasil. Eu declarei emergência, e os governadores e prefeitos ignoraram e fizeram o Carnaval. As consequências vieram”.

“Chegamos a 600 mil óbitos. E alguns tentaram imputar a mim essa responsabilidade. Não tenho culpa disso. Não estou me esquivando nem apontando outras pessoas. É uma realidade, é uma verdade. Todo o trabalho de combate à pandemia coube aos prefeitos e aos governadores. O que coube a mim? Mandar recursos”, completou.

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação