The news is by your side.

Mauro acredita que filiação de Bolsonaro ao PL reforça candidatura de Fagundes

 

O ex-senador Blairo Maggi (PP) questionou se apenas o apoio do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) será suficiente para garantir a reeleição do senador Welligton Fagundes (PL) nas eleições 2022. O chefe do Planalto irá se filiar ao Partido Liberal no dia 30 de novembro, reforçando a legenda que é presidida por Fagundes em Mato Grosso.

“O senador Wellington, que eu acho que vai disputar a reeleição, corria meio por fora aqui, tentando buscar um apoio do Mauro, do grupo do Mauro e com a vinda do Bolsonaro eu acho que ele que se reforça. Se isso é suficiente para dar uma vantagem folgada ou não, o tempo vai dizer, mas claro, isso é uma mudança importante”, disse nesta sexta-feira (26) durante o lançamento do Parque Novo Mato Grosso.

Ex-ministro da Agricultura, Blairo tem sido um dos principais articuladores da candidatura do deputado federal Neri Geller (PP) ao Senado. O projeto já conta com o apoio do MDB do deputado federal Carlos Bezerra e do PSD, que é presidido pelo senador Carlos Fávaro.

Nesse contexto, Maggi destacou que Geller tem ganhado “força” com o apoio de prefeitos e deputados de Mato Grosso. “A gente sabe que uma eleição majoritária está muito ligada ao grupo que você está militando politicamente. Não é uma eleição que você faz sozinho, é eleição de grupo. Então o Neri leva uma vantagem bastante grande”, argumentou.

Apesar de vir conquistando grandes alianças, o progressista ainda precisa consolidar o apoio do governador Mauro Mendes (DEM), que até o momento evita falar sobre o assunto. Contudo, Maggi aposta que o apoio do chefe do Paiaguás seja um caminho natural. “O partido tem trabalhado o movimento para fazer que o Neri seja candidato, já conversamos com outros partidos e as coisas estão bastante avançadas. O caminho natural é que Mauro apoie também”, concluiu.

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação