The news is by your side.

Governador do Acre é alvo de operação da Polícia Federal

Da Redação

 

O governador do Acre, Gladson Cameli (PP), foi alvo nesta quinta-feira (16) da Operação Ptolomeu, deflagrada pela Polícia Federal (PF) em conjunto com a Controladoria-Geral da União (CGU).

A ação dos policiais tem como objetivo desarticular uma organização criminosa que, segundo as investigações, atuava no governo estadual.

Estão sendo cumpridos 41 mandados de busca e apreensão e um de prisão no Acre, no Amazonas e no Distrito Federal. O apartamento de Cameli é um dos locais em que as buscas foram realizadas.

A PF também esteve no escritório do governador, no Palácio Rio Branco e na sede da Casa Civil do governo acreano.

De acordo com a investigação, o grupo criminoso seria formado por empresários e agentes públicos, que teriam aparelhado a estrutura do Estado para cometer crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.

A PF ainda não divulgou quais são as suspeitas relacionadas ao governador.

Em nota, a administração estadual informou que está colaborando com as investigações.

“O governo do Estado do Acre se coloca à disposição para colaborar com as investigações da Polícia Federal em relação à Operação Ptolomeu. Na realidade, incentiva essa e todas as ações de combate à corrupção. Prova disso é que foi criada pelo governo do Estado a Delegacia de Combate a Crimes de Corrupção. É a nossa obrigação colaborar com a missão dos agentes públicos em todas as investigações da Polícia Federal, que visam salvaguardar o bom uso de recursos públicos.”

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação