The news is by your side.

STF mantém prisão de produtor rural acusado de matar agrônoma após briga no trânsito

 

 

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski negou pedido de habeas corpus feito pela defesa do produtor rural Jackson Furlan, acusado de matar a engenheira agrônoma Julia Barbosa de Souza, de 28 anos, em novembro de 2019, em Sorriso, a 420 km de Cuiabá. A decisão é da última terça-feira (14).

A defesa de Furlan tentava reverter uma decisão do próprio STF, que negou, por unanimidade, habeas corpus e manteve a prisão produtor rural.

Ele está preso desde o dia 10 de novembro, quando se entregou na Delegacia Municipal da cidade. Ele foi denunciado por homicídio qualificado. 
 
Segundo a Polícia Civil, Jackson Furlan, de 29 anos, perseguiu e atirou contra a caminhonete que a vítima estava com o namorado, Vitor Giglio. O disparo atingiu a vítima na cabeça.

O caso

Julia Barbosa estava em Sorriso a passeio. Ela morava na cidade de Cornélio Procópio, no Paraná.

De acordo com a polícia, a vítima estava com o namorado na casa de amigos se preparando para voltar ao Paraná. Ela pediu ao namorado um chocolate antes da viagem e os dois foram até uma conveniência para comprar.

A engenheira estava em uma caminhonete, junto com o namorado, na noite de 9 de novembro de 2019.
 
Conforme a Polícia Civil, o casal teria sido perseguido depois de ultrapassar outra caminhonete. Quando foi ultrapassado, Jackson Furlan teria ficado irritado. Ele buzinou diversas vezes e queria que o casal parasse o veículo.

Eles foram perseguidos pelo motorista até que, em determinado momento, o suspeito sacou uma arma e disparou. O tiro atingiu a cabeça da vítima.

O namorado da jovem socorreu a vítima até um hospital e a polícia foi chamada. Ela não resistiu e morreu na unidade de saúde. Segundo a polícia, Jackson não tinha passagens pela polícia.

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação