The news is by your side.

A herança maldita de Maradona: 87 bens foram a leilão, ninguém quis comprar

Da redação

Vários carros e casas que pertenceram a Diego Maradona ficaram sem comprador no leilão internacional de telemática neste domingo (19). 87 bens do jogador de futebol, falecido em 25 de novembro de 2020, foram colocados à venda sem encontrar dono.

“Pelo seu significado emocional, é o leilão mais importante da história da nossa empresa”, disse o diretor executivo Adrián Mercado, da casa de leilões de mesmo nome. “Os interessados, do nosso país e do mundo, terão uma oportunidade única de adquirir um imóvel de Maradona em um leilão totalmente transparente, realizado por profissionais”, destacou.

A maioria dos objetos vendidos são de valor sentimental, como um chapéu de palha com fita azul que Diego usou. Com preço inicial de 20 dólares, o objeto foi vendido por 320 dólares.

“O maior da história”

Da mesma forma, foram arrecadados 519 dólares graças a um boné com as cores da bandeira venezuelana, presente que recebeu de Nicolás Maduro. Maradona usou este acessório em sua primeira vitória como diretor técnico da equipe Gimnasia de la Plata. Outra peça em destaque é uma guitarra com autógrafo do guitarrista espanhol Vicente Amigo, vendida por mais de 993 dólares. “A Diego Armando Maradona, o maior da história”, pode ler-se na dedicatória.

O maior destaque do leilão é a casa localizada no bairro de Villa Devoto, em Buenos Aires, onde moravam os pais do campeão mundial: Dalma Salvadora Franco (Doña Tota) e Diego Maradona (Don Diego). Seu filho havia lhe dado em 1980, quando ele jogou pelo Argentinos Juniors. No entanto, ninguém adquiriu este imóvel que começou com uma cifra de 900.000 dólares.

Outro imóvel que não teve oferta é um apartamento localizado na costa de Mar del Plata, província de Buenos Aires. O carro BMW M4 cupê, especialmente projetado por Maradona, também não encontrou dono. O falecido usou este carro para viajar para sessões de treinamento em Gimnasia de la Plata. O veículo tem a assinatura do craque do futebol no para-brisa, faróis azuis e uma sirene parecida com a de um policial. Esses últimos detalhes tornam ilegal a circulação com o veículo.

Chamado de ‘Leilão Os 10’, pelo Grupo Adrián Mercado, é uma iniciativa dos cinco filhos e herdeiros de Maradona: Diego, Gianinna, Dalma, Jana e Diego Fernando. A intenção dos herdeiros é se desfazer de bens que geram gastos e alguns itens que pertenceram a seu pai e têm grande valor sentimental para os fãs do argentino.

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação