The news is by your side.

O mistério das múmias das línguas de ouro

Uma equipe egípcia-dominicana descobriu 16 sepulturas contendo múmias com línguas de ouro colocadas dentro de suas bocas no norte do Egito.

Da Redação

 

Múmias de 2.000 anos com línguas de ouro colocadas dentro da boca foram desenterradas no templo Taposiris Magna no norte do Egito, de acordo com o Ministério de Antiguidades. Acredita-se que os mortos receberam amuletos de folha de ouro em forma de línguas para que pudessem falar perante a corte do deus Osíris, senhor do submundo e juiz dos mortos, na vida após a morte.

Khaled Abo El Hamd, diretor-geral da Autoridade de Antiguidades de Alexandria, disse que a missão arqueológica em Taposiris Magna também descobriu a máscara funerária de uma mulher, oito flocos dourados de uma coroa de ouro e oito máscaras de mármore que datam da época grega e romana.

O deus Osiris foi encontrado em decorações de ouro na embalagem que estava ao lado de uma das múmias e nas decorações de ouro em torno da cabeça de outra múmia.

Esther Pons Mellado, codiretora da missão arqueológica da Universidade de Barcelona, ​​comentou sobre a descoberta dizendo “Isso é muito importante porque é raro encontrar uma tumba totalmente lacrada”. Mellado disse ao ‘The National’ que as placas de língua de ouro só foram descobertas em sítios arqueológicos em Alexandria e El Bahnasa.

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação