The news is by your side.

Cattani emplacou projetos como proibição de pronome neutro nas escolas

Da Redação

Bolsonarista, o deputado estadual Gilberto Cattani (PSL) conseguiu aprovar alguns projetos da agenda da direita como aprovar em primeira votação nº 511/2021, que proíbe a linguagem não binária, ou pronome neutro nas escolas do Estado. A proposta ainda precisa passar por segunda votação, antes de ir para análise do governador Mauro Mendes (DEM) que pode vetar ou não o projeto.

Algumas propostas não foram para frente como a determinação do sexo biológico como critério para participação em competições esportivas, a responsabilização por possíveis danos colaterais a empresas que obriguem seus funcionários a tomarem vacina da Covid-19 e o veto à proibição de pontos de vistas políticos em plataformas digitais.

Na área rural, conseguiu aprovação também em primeira votação que cria um Plano Estadual de Segurança Pública no Campo e a instituição do incentivo fiscal para quem utilizar matéria-prima originada da agricultura no Estado de Mato Grosso.

Ao todo foram 166 proposições apenas no segundo semestre deste ano.

Uma nova CPI, proposta por Cattani, deve ser instalada em 2022 com o término de uma das três CPIs que ainda estão em curso. Ele quer apurar o alto preço do gás de cozinha em Mato Grosso, que atualmente é o mais caro do país.

 

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação