The news is by your side.

Robinho é condenado a nove anos de prisão por estupro

 

A Corte de Cassação de Roma, última instância da Justiça italiana, condenou o atacante Robinho a nove anos de prisão por violência sexual. O julgamento realizado nesta quarta-feira (19), também resultou na condenação de Ricardo Falco, amigo do ex-jogador da Seleção Brasileira. A sentença é definitiva e não cabe recurso. A execução da pena é imediata.

Agora, a Itália poderá pedir a extradição de Robinho e Falco, que atualmente vivem no Brasil. Entretanto, eles dificilmente serão mandados para o país europeu, porque a Constituição Federal de 1988 veta a extradição de brasileiros. Ainda assim, a Justiça italiana poderá solicitar que ambos os condenados cumpram suas penas de prisão em penitenciárias brasileiras.

Para que Robinho e Falco sejam presos, é necessário que a Itália peça a transferência de execução de pena à Justiça brasileira. Depois, o Supremo Tribunal Federal (STF) terá de fazer a homologação da sentença estrangeira. De acordo com a Secretaria de Cooperação Internacional da Procuradoria-Geral da República (PGR), não existe um prazo definido para o trâmite do processo.

 

 

 

 

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação