The news is by your side.

Polícia Civil prende três envolvidos em crimes de receptação e tráfico de drogas em Rondonópolis

A Polícia Civil, em ação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá) prendeu três pessoas em flagrante na sexta-feira (21), envolvidas em crimes de receptação e tráfico de drogas. Além da prisão dos suspeitos, a ação resultou na recuperação de duas televisões e na apreensão de drogas e outros objetos de origem ilícita.

Dois dos suspeitos, de 38 e 41 anos foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico. O terceiro suspeito, de 25 anos, responderá por receptação.

As diligências iniciaram após os policiais da Derf receberem informações de que uma televisão produto de furto estava em uma residência no bairro Cohab Velha. No local, os policiais conseguiram localizar o aparelho, sendo realizada a prisão do primeiro pelo crime de receptação.

Com informações sobre os responsáveis pela venda do produto, os policiais identificaram que o suspeito já era conhecido da Polícia com passagens por tráfico de drogas, responsável pela distribuição de drogas na região.

Os policiais então seguiram até a residência do suspeito, onde flagram ele e o comparsa pela porta. Ao perceber a presença da equipe  correu para dentro da casa, para se esconder no forro do imóvel.

Em buscas na casa, os policiais localizaram no forro onde o suspeito estava escondido, uma sacola com quatro pedras grandes de pasta base de cocaína. Também foram encontradas na casa outras evidências do tráfico de drogas, caderneta com anotações de valores, objetos produtos de roubo/furto e valores em dinheiro.

O suspeito possui um padrão de vida alto, não compatível com sua renda,  uma vez que não possui trabalho, porém ostenta motocicletas de alta cilindrada e camionetes.

Diante dos fatos, todo material ilícito foi apreendido e os suspeitos encaminhados à Derf, onde após serem interrogados, foram lavrados os flagrantes, sendo posteriormente colocados à disposição da Justiça.

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação