The news is by your side.

O templo do futebol cuiabano completa 70 anos; Parabéns, Dutrinha!

 

Nesta segunda-feira (31), o maior patrimônio esportivo da nossa querida Capital completa 70 anos de existência. Localizado no bairro Porto, um dos mais tradicionais de Cuiabá, o Estádio Eurico Gaspar Dutra, ou simplesmente Dutrinha  – como os cuiabanos carinhosamente gostam de chamar, chega a essa importante marca com sua história se confundindo com a do futebol mato-grossense.

O Dutrinha é o primeiro estádio oficial construído em Cuiabá e carrega a alcunha de templo do futebol cuiabano. Seu gramado foi palco de grandes jogos, espetáculos do esporte mais amado do Brasil. Cercado pelas quatro linhas, grandes craques desfilaram seus talentos embalados por canções e gritos eufóricos de torcedores calorosos e apaixonados, assim como é a cidade que abriga a preciosa estrutura.

Não há como negar, a época de ouro do nosso futebol regional teve como principal sede o Estádio Eurico Gaspar Dutra. Época em que Fulepa fazia defesas impressionantes pelo Mixto Esporte Clube. No Dom Bosco, o xerife Avião tomava conta da zaga. Tivemos Bife, que saiu do interior de São Paulo para vestir as camisas de Operário -VG e Mixto, transformando-se em um dos maiores atacantes que já passaram pelo nosso futebol.

E para coroar essa linda história, um rei. Sim! O nosso Dutrinha também já emprestou seu gramado para que o Rei Pelé fizesse o seu show, encantando a todos que frequentavam o aconchegante estádio. A propósito, a proximidade da torcida com o campo é mais uma das belas e marcantes característica do local. Para o time da casa: um motor potente que empurra para vitória. Para os adversário: um caldeirão, quente e cheio de pressão.

Esse é o nosso Dutrinha! Tombado como Patrimônio Histórico de Cuiabá e que teremos a honra de reinaugurá-lo nesta segunda-feira. Foram anos de muitas lutas, adversidades, mas que foram todas vencidas por meio de um trabalho que tem como base o respeito e zelo por nossas riquezas. Teremos o prazer de abrir novamente os portões para nossos clubes, jogadores e, principalmente, torcedores.

Vamos poder matar a saudade de um local que todos os amantes do futebol guardam com carinho no coração. A reabertura do Dutrinha é a representação da força da população cuiabana, que se reergue mesmo diante das maiores adversidades. É a renovação da esperança. Esse é o nosso sentimento nessa data tão espacial. Carregamos a esperança de ver novamente o Dutra como palco de craques, revelações e de alegrias aos cuiabanos.

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação