The news is by your side.

Após ‘cortejar’ mulher, grupo espanca potiguar até a morte

 

O potiguar Gilson Soares da Silva, 33, foi assassinado na madrugada de domingo (6), com sinais de espancamento, após uma briga em uma distribuidora de bebidas na avenida Beira Rio, no Grande Terceiro, em Cuiabá. Amigos disseram que a vítima teria ‘cortejado’ uma mulher, que resultou em uma discussão com 5 homens que estavam com ela. Ele foi agredido e espancado com um pedaço de madeira.

De acordo com as informações da Polícia Militar, a ocorrência foi registrada por volta das 7h da manhã de domingo. A Base da Beira Rio foi acionada após a vítima ter sido encontrada caída na rua, depois da briga generalizada na distribuidora.

Quando a polícia chegou, já encontrou a equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) tentando reanimar Gilson, mas ele não respondia aos estímulos e a morte foi constatada ainda no local.

Amigos da vítima contaram que eles estavam na distribuidora desde a noite de sábado (5), bebendo e conversando, quando ele teria ‘cortejado’ uma mulher que estava sentada em outra mesa com uns 5 homens.

Eles iniciaram uma discussão, mas para evitar maiores transtornos, Gilson deixou o local, atravessou a rua para pegar sua moto e foi surpreendido pelos suspeitos. Eles passaram a dar socos e chutes contra a vítima.

Um dos suspeitos estava em posse de um pedaço de madeira, usado na agressão. Ele caiu no chão, bateu com a cabeça contra a calçada e caiu desacordado. Depois disso, o grupo fugiu tomando rumo ignorado.

O local do crime foi isolado para os trabalhos da Perícia Oficial e Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que está investigando o caso. Câmeras de segurança da distribuidora podem ajudar na identificação dos agressores.

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação