The news is by your side.

Golpes aplicados por advogado em Cuiabá chegam a R$60 milhões

Da Redação

Investigação da Polícia Civil aponta que o advogado Samir de Matos, de 44 anos, aplicou golpes em cerca de 70 vítimas causando um prejuízo de R$ 60 milhões às vítimas.

A Delegacia Especializada de Defesa do Consumidor (Decon) instaurou investigação preliminar, nesta sexta-feira (25).

Samir foi denunciado esta semana por aplicar golpes, com promessas de rendimentos milionários no mercado financeiro, em Cuiabá. Ele foi visto pela última vez em São Paulo.

Segundo o delegado da Decon, Rogério Ferreira, inicialmente os fatos estão sendo tratados como crime de estelionato, uma vez que as vítimas ouvidas até o momento disseram que negociaram em particular com o acusado.

“As informações até o momento apontam que não eram criados grupos com líderes para atrair novos investidores para uma suposta pirâmide financeira, porém a capitulação legal pode mudar durante as investigações”, disse o delegado.

De acordo com boletim de ocorrência registrado no último domingo (20), um outro advogado cuiabano contou que repassou a Samir, desde 2019, cerca de R$ 836 mil para investir.

Até junho do ano passado, os rendimentos teriam sido pagos regularmente. No entanto, depois disso e diante do desaparecimento de Samir, a vítima procurou a companheira dele. A mulher disse que deixou Samir numa rodoviária de São Paulo, no sábado (19), e não o viu mais.

Para a mulher, Samir teria afirmado ter apenas três opções: “se matar, ser morto ou desaparecer”. Ele optou pela última e, após isso, não deu mais notícias.

A Delegacia do Consumidor vai montar uma força tarefa para ouvir todas as vítimas que registrarem boletins de ocorrência com o objetivo de concluir as investigações no menor prazo possível e de converter o auto de investigação preliminar em inquérito policial, logo após as primeiras oitivas formais e a colheita de elementos de informação que comprovem a materialidade delitiva do crime.

As vítimas podem registrar boletim de ocorrência pela Delegacia Virtual (https://portal.sesp.mt.gov.br/delegacia-web/pages/home.seam) ou em qualquer Delegacia de Polícia Civil do Estado, podendo procurar a Delegacia do Consumidor, na Avenida Dante Martins de Oliveira s/nº bairro Planalto, durante o horário comercial, de segunda a sexta-feira.

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação