The news is by your side.

Após matar homem, assassino usa seu sangue para desenhar cruzes na parede

Da Redação

Um homem identificado como Roger André Soares da Silva, de 29 anos, foi encontrado morto com dezenas de perfurações de faca na noite de sexta-feira (22), em uma casa no Bairro Parque Cuiabá, na Capital.

O assassino ainda usou o sangue da vítima e desenhou diversos crucifixos nas paredes. O corpo também foi encontrado com os pés sobrepostos e os braços abertos, como se estivesse em um crucifíxo.

De acordo com relatos da Polícia Civil, Roger havia saído na noite de quinta-feira (21), quando conheceu o suspeito do crime, um homem de 36 anos. A Polícia acredita que após o encontro, o assassino tenha levado Roger, que era homossexual, para sua casa e então o matado a facadas.

Vizinhos relataram às autoridades que o local era um cômodo alugado pelo suspeito, dentro de uma residência do bairro. Um parente do proprietário da casa, que está em viagem, foi quem acionou a Polícia informando sobre o corpo.

Uma equipe do Samu (Serviço de Atendimento Médico de Urgência) também foi acionada e constatou a morte. A perícia foi realizada no local e o corpo da vítima encaminhado ao IML da Capital.

As DHPP (Delegacia de Homicídios e de Proteção a Pessoas) já tem a identificação do principal suspeito e está em diligências para encontrar o assassino.

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação