The news is by your side.

Explosão em refinaria de petróleo ilegal da Nigéria mata mais de 100 pessoas

Da Redação

Uma explosão matou mais de 100 pessoas em um depósito ilegal de refino de petróleo na fronteira dos estados de Rivers e Imo, na Nigéria, nesse domingo (24).

A Cruz Vermelha da Nigéria esteve no local no domingo para avaliar a explosão, que destruiu uma seção da floresta Abaezi, que fica na fronteira da área do governo local de Ohaji-Egbema, do estado de Imo com o estado de Rivers. O Centro de Defesa de Jovens e Meio Ambiente disse que vários veículos que estavam na fila para comprar combustível ilegal foram queimados.

O presidente nigeriano, Muhammadu Buhari, disse em comunicado que intensificaria a repressão às refinarias ilegais após o que descreveu como uma “catástrofe” e “desastre nacional”.

O desemprego e a pobreza no Delta do Níger, produtor de petróleo, tornaram o refino ilegal atraente, mas com consequências muitas vezes mortais. O petróleo bruto é extraído de uma rede de oleodutos pertencentes a grandes empresas petrolíferas e refinado em tanques improvisados.

O processo causou acidentes fatais e poluiu uma região já devastada por derramamentos de óleo em terras agrícolas, riachos e lagoas.

Em fevereiro, as autoridades locais disseram que iniciaram uma repressão ao refino de petróleo roubado, mas com pouco sucesso aparente. 

Autoridades governamentais estimam que a Nigéria, o maior produtor e exportador de petróleo da África, perde uma média de 200 mil barris de petróleo por dia, mais de 10% da produção, devido à exploração ilegal ou vandalização de oleodutos.

Fonte: Reuters

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação