The news is by your side.

Daniela Mercury desiste de cachê por show em que pediu votos para Lula

Da Redação

A cantora Daniela Mercury disistiu do cachê de R$ 100 mil que receberia pelo show no evento das centrais sindicais realizado em São Paulo, no 1º de Maio. Durante os festejos, a cantora segurou uma bandeira com a imagem do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), declarou apoio ao petista na eleição de outubro e pediu votos.

Segundo o site Poder 360, a decisão foi comunicada à Secretaria Municipal de Cultura na quinta-feira (5).

“Quem não votar para Lula, vai estar votando contra os pretos, contra os pobres, contra os trabalhadores, contra os artistas, contra o país, contra a Amazônia, contra tudo o que a gente acredita e vem lutando democraticamente nesse país”, afirmou a cantora, em cima do palco. A legislação eleitoral veta showmícios e campanha político-partidária antecipada.

Como o recurso para pagamento do cachê de Mercury, de R$ 100 mil, partiu de emenda parlamentar do vereador Sidney Cruz (Solidariedade), a Prefeitura abriu um processo para apurar se houve desvio de finalidade e suspendeu o pagamento. Ao todo, Cruz liberou R$ 187 mil para pagar o cachê dos 5 artistas que se apresentaram no evento. Além dele, Alfredinho (PT) e Eduardo Suplicy (PT) também usaram dinheiro da verba parlamentar. Juntos, destinaram R$ 525 mil para pagar pela produção e organização do show.

 

 

 

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação