The news is by your side.

Emanuel pede vistoria in loco de ministros do TCU nas obras do VLT

Da Redação

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), protocolou no Tribunal de Contas da União (TCU) um pedido para que o órgão fiscalizador faça uma vistoria in loco nos vagões e trilhos abandonados do Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT). O prefeito defende a retomada da implantação do modal, que tem mais de 50% da obra concluída.

O anúncio do requerimento junto ao TCU foi feito durante a live na noite dessa terça-feira (10). Emanuel afirma que a visita é prevista no regimento interno do órgão.

“Hoje à tarde já foi feito o protocolo para que o TCU determine, com base no regimento interno, uma inspeção in loco dos técnicos e os ministros para ver in loco tudo aquilo que Cuiabá está falando, aí acaba toda a conversa fiada daqueles que querem tapar o sol com a peneira”, afirmou Emanuel.

“Quando eles verem a Central de Operações, que é um monumento, com 34 vagões que eram para estar funcionando há muito tempo, parados, e verem os bilhões de reais amontoados, em equipamentos, softwares, luminárias, e um monte de coisas, aí tenho certeza que eles vão ficar horrorizados”, completou.

 

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação