The news is by your side.

Emanuel determina apuração de suposta venda de medicamentos em unidades de saúde

Da Redação

Por determinação do prefeito Emanuel Pinheiro, a secretária municipal de Saúde, Suelen Alliend, protocolou na manhã desta segunda-feira (13), na Delegacia Especializada de Combate à Corrupção uma denúncia sobre possível desvio e comércio de medicamentos em uma unidades de saúde. Ela foi acompanhada pela secretária adjunta da Atenção Secundária, Ádila Andrade, pelo coordenador da Secundária, Wille Calazans e pelo procurador geral adjunto do Município, Allison Akerley.

Uma denúncia anônima feita por telefone na Ouvidoria Municipal de Saúde de Cuiabá, no final do mês de abril, foi o motivo para o começo da investigação interna. “A secretária Ádila recebeu a denúncia pela Ouvidoria e veio conversar comigo. Eu liguei para o prefeito, que nos chamou imediatamente para uma reunião. Ao saber dos fatos, ele determinou que fizéssemos uma apuração interna e que entregássemos a documentação para a DECCOR investigar”, revelou a secretária Suelen.

Para o prefeito Emanuel Pinheiro, este tipo de situação é inadmissível, por isso solicitou uma investigação interna e a denúncia na DECCOR. “Nós estamos trabalhando incessantemente para oferecermos uma saúde de qualidade para o nosso cidadão. Não podemos admitir de forma alguma que estas coisas aconteçam nas nossas unidades. Nós temos muita responsabilidade com o dinheiro público e com o bem público, por isso determinei essa investigação e a devida punição aos envolvidos”, finalizou.

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação