The news is by your side.

Leonardo Boff diz que Lula fará governo radical

 

O teólogo Leonardo Boff, amigo íntimo e interlocutor de Lula, revelou as reais intenções do ex-presidente caso volte ao Palácio do Planalto. Durante uma entrevista ao jornalista Breno Altman, Boff afirmou que Lula teria um discurso político conciliatório somente durante a campanha, mas fará um governo radical se eleito.

“Ele me disse que, se chegar de novo à Presidência da República, é a última chance de sua vida para fazer uma revolução, e vai fazê-la, porque depois disso estará velho demais e não poderá”, afirmou Boff. “Lula faz um discurso político para manter a unidade nacional, mas a prática vai ser radical a favor dos pobres, oprimidos, indígenas, mulheres e LGBTs.”

A fala de Leonardo Boff corrobora com o que Lula, José Dirceu e Dilma Roussef já espalharam aos quatro ventos, que o PT tem um projeto socialista para o Brasil e que o modelo chinês é um “exemplo” a ser observado.

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação