The news is by your side.

Time da Série D, 4 de Julho elimina o Cuiabá nos pênaltis e chega de forma inédita à terceira fase da Copa do Brasil

Dourado sofre para superar a equipe com folha salarial de R$ 140 mil, que arrasta jogo até as penalidades para garantir bolada de R$ 1,7 milhão por classificação histórica sobre equipe da elite do futebol nacional

A Copa do Brasil viveu na quinta-feira um dos seus episódios mais simbólicos na sua edição em 2021. O modesto 4 de Julho (PI), da Série D do Campeonato Brasileiro, bateu o Cuiabá, que está atualmente na elite do futebol nacional, na 2ª fase da Copa do Brasil.

O time do interior do Piauí conseguiu segurar o adversário com um empate em 0 a 0 no tempo normal e escreveu seu nome na história da competição poucos minutos depois, no estádio Lindolfo Monteiro, em Teresina: venceu por 5 a 4 na disputa de penalidades com direito a defesa bem-sucedida de Jailson e cobrança da classificação nos pés do goleiro colorado. Com o feito inédito, o Gavião embolsa R$ 1,7 milhão e aguarda sorteio para conhecer seu próximo rival.

Comentários

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar consulte Mais informação